terça-feira, 2 de agosto de 2016

Cruz credo! Até mortos em acidentes são vitimas de furtos

A Polícia Rodoviária Federal anda se assustando com uma prática que parece que virou usual nos últimos meses: algumas pessoas que se aproximam das vítimas de acidentes em rodovias federais que cortam o Maranhão o fazem na intenção de roubar. Depenam defuntos e quem ainda está agonizando.
Foi o que aconteceu recentemente no acidente que envolveu um caminhão da FC Oliveira e um Corsa Sedan, na BR 316, perto de Codó.
Quando os familiares das vítimas chegaram ao local do fatídico acidente, em que morreram quatro pessoas, deram por falta dos pertences dos mortos. E registram Boletim de ocorrência.
Às vezes o roubo é praticado por algumas pessoas que moram mais próximas dos locais dos acidentes, mas em boa parte por motoristas que fingem que vão socorrer as vítimas.
No mês de março, o blog publicou uma situação ocorrida na BR-316, próximo a cidade de Nova Olinda do Maranhão onde o condutor Pedro Henrique Conceição de Freitas capotou seu veículo com duas crianças a bordo. A família foi encaminhada em estado grave para um hospital da região e para surpresa ao retornarem para o local encontraram o veículo depenado sem as quatro rodas além de ficarem sem os pertences pessoais.

Antigamente só os vivos eram assaltados ou roubados, mas agora nem os mortos estão escapando. Cruz credo!
fonte: Luís Cardoso

Nenhum comentário:

Postar um comentário