quinta-feira, 27 de outubro de 2016

PREFEITO LEONARDO COUTINHO E ANÍSIO VIEIRA CHAVES NETO TRAMARAM GOLPE CONTRA OS APOSENTADOS E PENSIONISTAS MUNICIPAIS!





SERVIDORES PÚBLICOS DE CAXIAS CORREM RISCO DE PERDER SUA APOSENTADORIA

A Previdência dos trabalhadores públicos municipais é uma caixa preta. Os trabalhadores não têm qualquer informação sobre o uso do recurso que ele paga para garantir sua aposentadoria futura. Todo governo que assume a Prefeitura faz deste fundo sua poupança particular. Não se sabe nada acerca do valor recolhido, dos saques realizados e as despesas da folha de pagamento.
O Sindicato tem feito um grande esforço para obter informações através da Promotoria, da representação no Conselho Administrativo do CAXIAS-PREV e buscando os relatórios das auditorias federais (que aconteceram nos mandatos de Humberto Coutinho e, agora, no de Léo) para frear o sucateamento dos cofres do CAXIAS-PREV sofrido nas mãos dos governos que se alternam na Prefeitura. 
Após muita luta conseguimos informações sobre a grave situação desta previdência, vejamos:

Ø  Prefeito Léo Coutinho desde 2015 não repassa integralmente a contribuição que recolhe dos trabalhadores e a contribuição patronal para o CAXIASPREV;

Ø  A dívida da Prefeitura com o CAXIAS-PREV originada no mandato do Léo Coutinho soma aproximadamente R$ 6,9 milhões até o momento;

Ø  Em 2009, somando o débito dos Coutinhos com os Marinhos a dívida da Prefeitura com o CAXIAS-PREV totalizava 23 milhões de reais. Neste período, Humberto Coutinho fechou acordo com a Receita Federal em pagar esse débito parcelado. Léo Coutinho ao assumir a Prefeitura deixou de pagar a dívida;

Ø  Como o Prefeito não repassa todas as contribuições recolhidas dos trabalhadores e a parte patronal para a Previdência, a receita não dá para pagar a Folha de Pagamento da Instituição.  O que obriga o saque de R$ 300 mil mensal das suas contas de aplicações de investimentos para poder honrar com o pagamento da sua Folha;
Ø  Em outubro de 2015 a reserva do CAXIAS-PREV nas contas de aplicações em investimentos era de R$ 27 milhões, atualmente só tem 22 milhões;

Ø  O mais grave é que, agora, o Prefeito Léo Coutinho arranjou um débito do CAXIAS-PREV que não existe com a Prefeitura no valor de 24 milhões de reais, que foi assumido pelo Presidente da autarquia, Anísio Viera Chaves Neto, com isso o Prefeito exige o pagamento. Se este pagamento for efetivado, será a falência total do CAXIAS-PREV. Quem está aposentado não receberá mais salário e quem está trabalhando não se aposentará mais.

CABEÇALHO



Nenhum comentário:

Postar um comentário