quarta-feira, 23 de novembro de 2016

GILMAR PRORROGA INQUÉRITO SOBRE AÉCIO E CRITICA DEMORA


O ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes autorizou a prorrogação do prazo para concluir as investigações contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG) no caso em que ele é investigado sobre possível fraude no Banco Rural para ocultar o 'mensalão mineiro'; no despacho, Gilmar critica, pela demora, a Procuradoria Geral da República e a Polícia Federal, que pediram a prorrogação; "Registro que houve atraso no desenvolvimento das investigações", disse o ministro

23 DE NOVEMBRO DE 2016


 247 - O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes autorizou a prorrogação do prazo para concluir as investigações contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG) no caso em que ele é investigado sobre possível fraude no Banco Rural para ocultar o 'mensalão mineiro'.
No despacho, Gilmar critica, pela demora, a Procuradoria Geral da República e a Polícia Federal, que pediram a prorrogação do inquérito. "Registro que houve atraso no desenvolvimento das investigações", registrou o ministro, que é relator do caso.
Gilmar observou que as inquirições de três testemunhas não foram realizadas nem agendadas, após remessa dos autos à corregedoria da PF, em 10 de junho desse ano.







Nenhum comentário:

Postar um comentário