sábado, 24 de junho de 2017

CARTA CAPITAL APONTA QUADRILHA QUE PODE SER PRESA JUNTO COM TEMER

     24 de junho de 2017



A revista Carta Capital deste fim de semana traz reportagem de capa que detalha a participação de todos os auxiliares diretos de Michel Temer na formação e atuação da quadrilha que assaltou o País.


Texto do jornalista André Barrocal descreve que ascensão e declínio de nomes como os ministro Eliseu Padilha, Moreira Franco, do ex-ministro Geddel Vieira Lima, dos ex-presidentes da Câmara Henrique Eduardo Alves e Eduardo Cunha e o “homem da mala”, Rodrigo Rocha Loures.

“O responsável pela situação? ‘Michel Temer é o capo, não é o Lula’, diz um sub-procurador-geral da República familiarizado com os rolos do homem que comandou o PMDB de 2001 a 2016”, diz a reportagem.

A Carta Capital detalha também a participação de outros nomes como Lúcio Funaro, coronel João Baptista Lima Filho e Fábio Cleto no esquema liderado por Michel Temer. Leia um trecho:

“Uma mensagem achada pela PF em um celular de Loures ilustra bem a ação conjunta da enrascada trupe de peemedebistas desta reportagem. Foi enviada a Temer, sem data conhecida: ‘Michel, acabo de ter ótima conversa com Henrique. Pedi a ele apoio para permanecer em Brasília. 

Ele concordou e sugeriu VP Caixa ocupada anteriormente pelo Moreira’. Henrique é, provavelmente, Henrique Alves, réu por um esquema de propina na liberação de empréstimos na Caixa Econômica Federal.







Nenhum comentário:

Postar um comentário