terça-feira, 24 de julho de 2018

NOVO MINISTRO DO TRABALHO JÁ FOI AUTUADO 24 VEZES PELO MINISTÉRIO DO TRABALHO POR INFRAÇÕES TRABALHISTAS

24 de julho de 2018





Entre 2005 e 2013, o novo ministro do Trabalho, Caio Luiz de Almeida Vieira de Mello, foi autuado 24 vezes em fiscalizações do Ministério do Trabalho. Todas as infrações trabalhistas aconteceram em sua fazenda, em Conceição do Rio Verde, no sul de Minas Gerais. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.


Uma das autuações, de 2009, refere-se a dois trabalhadores rurais que estavam sem registro em carteira de trabalho, e, portanto, sem o pagamento de benefícios trabalhistas como FGTS, INSS e férias remuneradas. As fiscalizações geraram multas de R$ 46 mil. À época, Vieira de Mello era desembargador e vice-presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região, em Belo Horizonte.

Os auditores do Ministério do Trabalho fizeram sete fiscalizações entre 2005 e 2013 na Fazenda Campestre, onde o ministro mantinha uma plantação de café. Além dos dois funcionários que estavam há três anos trabalhando sem registro em carteira, a fiscalização encontrou falhas de segurança e de higiene na fazenda.

De acordo com os autos de infração, era permitido o livre acesso dos trabalhadores ao depósito com agrotóxicos, que ficava perto do refeitório dos funcionários. Em nota enviada ao jornal, o Ministério do Trabalho confirmou que a fazenda do ministro foi alvo de uma fiscalização "de rotina" e que pagou uma multa de R$ 46 mil. O ministério destaca que as ações já transitaram em julgado e que o Ministério Público do Trabalho não viu necessidade de ingressar com ação civil pública. 

Plantão Brasil é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e/ou em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.




Fonte: Plantão Brasil por  rbs















Nenhum comentário:

Postar um comentário