quinta-feira, 19 de julho de 2018

O SINTRAP DENUNCIA IRREGULARIDADES NO CONCURSO PÚBLICO DE CAXIAS - MA

19 de julho de 2018





Historicamente o Município de Caxias tem violado a obrigatoriedade de realização de concurso público para o preenchimento dos cargos e empregos públicos. Tanto o governo atual quanto os que o antecederam mantiveram a prática ilegal de contratados para garantir suas eleições pela subjugação dos trabalhadores contratados. Estes trabalhadores, a cada ano de contrato ficam mais expostos a todo tipo de humilhação, assédio moral e constrangimento.


Quanto à realização do concurso em andamento, não há motivos para alegria, a quantidade de vagas disponibilizadas não preenche a necessidade do serviço público, e a empresa realizadora do concurso: Instituto Machado de Assis, além de ter arrecadado cerca de 4 milhões de reais somente de inscrições e não ter prestado contas da destinação do dinheiro, demonstra incompetência técnica para a realização da seleção.

Desde o processo licitatório, que se deu em modalidade incompatível com o serviço a ser prestado, o Ministério Público Estadual(MPE) e o Tribunal de Contas do Estado do MA(TCE-MA) vêm questionando as irregularidades do certame, no entanto, o prefeito vem insistindo em manter o concurso cheio de fraude e irregularidades por meio de suas influências lobistas políticas e jurídicas.

Apesar de todas as denúncias, as provas aconteceram, e como já se esperava a lista de aprovados é mais um indício que esse concurso é de faixada. Em Caxias todos comenta sobre a grande quantidade de aprovados com laços de parentesco muito próximos da família do Prefeito Fábio Gentil e dos vereadores de sua base.

A divulgação do resultado das provas objetivas confirmam as suspeitas de fraude que o Prefeito tinha uma lista de pessoas aprovadas. Fato este que revela o total desrespeito para com as pessoas que fizeram o concurso que além das despesas, empenharam tempo e dedicação nos estudos na tentativa de realizar um sonho de alçar um cargo público e também um total desrespeito às Leis.

SINTRAP sempre reivindicou que o governo municipal realize o concurso público, mas de forma transparente, respeitando os princípios da legalidade, portanto, repudia a forma espúria como está sendo conduzido este concurso, e exige a imediata suspensão de qualquer ato homologatório e a posterior ANULAÇÃO do concurso. Exige ainda a realização de um novo concurso amparado pela legalidade e moralidade, que atende os interesse do serviço público.
  

Caxias-MA, 19 de julho de 2018 - SINTRAP












Um comentário:

  1. Ola bom dia meu amigo. Infelizmente isto é a realidade.
    Tenho um comentário verídico para compartilha. Até a presente data tem muitos candidatos que foram isento, no entanto, ainda não tiveram seu dinheiro restituído.

    ResponderExcluir