domingo, 15 de julho de 2018

AOS COXINHAS DE PLANTÃO, VEJAM O LAUDO DE PERÍCIA CRIMINAL FEDERAL EMITIDO EM 16 MARÇO DE 2016


15 de julho de 2018




Mesmo com este Laudo em mãos o Juiz Sérgio Tucano (PSDB) Moro ainda afirma que o apartamento foi ampliado em 2014 por ondem da OAS e de Dona Marisa.

Por confiar nas palavras do Senador Romero Jucá “TEM QUE RESOLVER ESTA PORRA. TEM QUE TER IMPEACHMENT. NÃO TEM SAÍDA. TEM QUE MUDAR O GOVERNO PARA PRA ESTANCAR ESSA SANGRIA (LAVA JATO). COM DILMA NÃO DÁ. TEM QUE BOTAR O MICHEL NUM GRANDE ACORDO NACIONAL, COM O SUPREMO E TUDO” (em 16 de março de 2016). Coincidência ou não, mas foi no mesmo dia da fala de Romero Jucá que o Laudo de Perícia Criminal Federal foi emitido e entregue ao juiz Sérgio “Tucano” Moro.





Desde então que a perseguição ao PT e Lula se intensificaram mais, grampo telefônicos legais e ilegais e divulgações dos grampos telefônicos para a mídia selecionadas, pois muitas empresas midiáticas não tiveram acesso às mesmas notícias, só a Globo, Estadão, a Folha de São Paulo, Veja, Istoé e estas bem depois liberavam as notícias para outras empresas que aceitaram divulgar e macular as imagens das pessoas acusadas, embora não fosse culpadas, mas o trabalho sujo já estavam feito, toda via, não se pedia desculpas pelos crimes cometidos.

O juiz Sérgio do PSDB Moro, para incriminar Lula aceitou algumas notas fiscais falsas como se elas fossem verdadeiras de empresas criminosa cujo proprietários são filiados ao Partido do PSDB, o Juiz também aceitou alguns depoimentos de pessoas desonestas, que aceitaram depor contra lula para terem benécias em suas condenações, porém o mesmo juiz não aceita a delação do ex-doleiro Tácla Duran.

Mas, para ter mais legitimidade junto às elites e à grande imprensa, que se opõem a Lula por razões ideológicas, e para não ser incomodado com os abusos de direito que logo começou a ser praticado contra os indiciados, adotou uma estratégia política – a de considerar Lula, “o chefe da grande quadrilha” que a operação denunciou. Não tinha nenhuma prova disto, mas fez essa afirmação nos press-releases da força-tarefa e no famoso e ridículo power point do procurador Dellagnol.

O capital conspirou contra Lula e PT, porém agora os donos de fortunas conseguidas através de explorações dos trabalhadores, eles não consegue decolar com nenhum de seus pré-candidatos à Presidência da República que supere o deputado Jair Bolsanaro na corrida eleitoral.

Os capitalistas sem alternativas para continuar lucrando às custas dos trabalhadores, querem e fizeram uma proposta  a Lula como um acordo, o acordo consistia para que Lula deixe a prisão, mas sem candidatura. Até agora o Lula não aceitou entendendo que pode e deve concorrer às eleições para à Presidência da República em 2018 livremente.



Fonte: Várias   por Arimatéia Rocha




























Nenhum comentário:

Postar um comentário