domingo, 23 de setembro de 2018

FOLHA RECONHECE: HADDAD FOI PREFEITO EXEMPLAR

23 de setembro de 2018





Folha de S. Paulo reconhece: Fernando Haddad foi um prefeito exemplar; reportagem sobre o período de Haddad na Prefeitura (2013-2016) admite: ele destacou-se na luta contra a corrupção, teve uma gestão financeira impecável e só não conseguiu concluir um ambicioso programa de obras porque metade de sua gestão (2015-16) foi impactada pelo abalo da economia decorrente crise aberta pela chantagem das elites contra Dilma

247 - Mesmo um dos veículos da mídia conservadora que tem a marca de antipetista radical, a Folha de S. Paulo, foi obrigada a reconhecer: Fernando Haddad foi um prefeito exemplar. Os Frias fizeram nos últimos anos um percurso similar ao do partido com o qual a família sempre teve identidade, o PSDB, da social-democracia para a direita. Mesmo assim, ao fazer uma reportagem sobre o período de Haddad à frente da Prefeitura de São Paulo (2013-2016), o jornal foi obrigado a reconhecer: ele destacou-se na luta contra a corrupção, teve uma gestão financeira impecável e só não conseguiu concluir um ambicioso programa de obras porque metade de sua gestão (2015 e 2016) foi impactada pelo abalo da economia decorrente da irresponsabilidade das elites em sua ação para derrubar Dilma Roussef, que lançou o país numa crise profunda. 
O artigo publicado na edição deste domingo (23) atesta que Haddad, para além das ciclovias, que acabaram se destacando como ícone de sua gestão, recuperou as finanças e ele foi um marco na luta contra a corrupção na cidade: "[Haddad deixou] outras marcas além das faixas de ônibus, embora menos midiáticas. Exemplos são a renegociação da dívida, que desafogou as contas da cidade, e a criação da CGM (Controladoria Geral do Município), responsável pela descoberta do maior escândalo de corrupção recente, a máfia do ISS."
Sim, o jornal admite que Haddad conseguiu recuperar as finanças da cidade depois do período desastroso dos prefeitos de direita José Serra e Gilberto Kassab -o que é curioso, pois a direita e suas mídias, que fazem o discurso do "equilíbrio fiscal" e da "responsabilidade financeira", são responsáveis por verdadeiros descalabros quando assumem os governos, como o caso paulistano e o de Temer nacionalmente. Ao contrário da esquerda, que sempre coloca "a casa em ordem", como acontece nos governos do PT em âmbito federal, estadual e municipal. 
O reconhecimento de Haddad por seu combate à corrupção é notável e deita por terra todo o discurso da própria Folha e dos demais veículos conservadores associados ao Judiciário e aos partidos de direita segundo o qual o PT seria "uma quadrilha".  A reportagem confirmar o discurso de Haddad desde o início da campanha eleitoral segundo o qual o que importa no combate à corrupção é o fortalecimento das instituições, característica dos governos petista. A direita, ao contrário, tem ao longo da história operado na manipulação das instituições a serviço de seus interesses, como aconteceu nos governos FHC e, em São Paulo, nas gestões de Serra e Kassab.
Ainda que de maneira envergonhada, a reportagem indica que os projetos de obras importantes para a cidade foram afetados pela crise de 2015-2016. "Haddad foi eleito em um cenário de crescimento econômico, com a promessa de revolução urbanística e social", indica o texto. A reportagem atribui as dificuldades da gestão de Haddad, aos "protestos contra o aumento da tarifa de junho de 2013, o consequente congelamento da passagem e o reajuste do IPTU barrado pela Justiça". Mas, curiosamente, ignora o principal motivo para elas, a crise econômica aberta com o boicote do 'mercado' ao governo Dilma a partir do início de 2015.
Vale a pena ler a reportagem de Artur Rodrigues, aqui
 Fonte: Brasil 247  por Artur Rodrigues












4 comentários:

  1. HADDAD FOI UM BOM PREFEITO PARA SÃO PAULO?
    Algumas conquistas do governo de #FernandoHaddad que merecem ser destacadas:

    1. Ajuste fiscal com aumento de arrecadação responsável;
    2. Elaboração do melhor e mais completo Plano Diretor;
    3. Suspensão da licitação de obras com suspeitas de desvio de verba e superfaturamento;
    4. Criação de um controladoria geral do município totalmente independente para combate a corrupção;
    5. Atualização dos valores de IPTU com taxação de imóveis ociosos progressivamente;
    6. Repactuação da dívida de São Paulo com a União com redução de 36,8 bilhões;
    7. Criação de Conselho Municipal de Trânsito e Transporte;
    8. Construção de mais de 420 km de faixas exclusivas de ônibus;
    9. Abertura de mais de 70 km de corredores de ônibus;
    10. Construção de mais de 400 km de ciclovias;
    11. Implantação de bilhete único monitorado pela prefeitura, para garantir transparência na destinação dos valores;
    12. Criação de passe livre para estudantes e licença temporária para desempregados;
    13. Criação de filas sociais para acesso a creche para dar prioridade aos mais pobres e vulneráveis;
    14. Redução de mais de 50% no tempo médio das viagens de ônibus;
    15. Gestão mais inteligente das filas para redução no tempo de acesso a serviços de saúde;
    16. Licitação de auditorias internacionais para garantir máxima transparência nas contas públicas;
    17. Acesso a centros de atendimento psicossocial para centenas de usuários de drogas na Cracolândia;
    18. Elevação do grau de investimento da cidade São Paulo, permitindo atração de empresas e criação de mais empregos.

    OBSERVAÇÕES:

    >> A atualização do valor anual do IPTU está previsto em lei municipal para o cumprimento da lei de responsabilidade fiscal;

    >> A FIESP entrou com uma ação na justiça contra a prefeitura para impedir que ele atualizasse a planta dos valores de IPTU;

    >> Os valores de IPTU que seriam investidos no cumprimento das promessas de campanha, tais como abertura de creches, escolas e hospitais.

    >> Embora a Justiça tenhA alegado que o prejuízo foi de R$ 800 milhões em arrecadação direta, o prejuízo real
    foi de até R$ 4 bilhões, em decorrência de acordos com a União que não puderem ser honrados.

    >> A FIESP apoiou e foi uma das principais articuladores do GOLPE!

    ResponderExcluir
  2. 👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼Vinicius Krausz

    ResponderExcluir