quinta-feira, 11 de abril de 2019

FUNDO BILIONÁRIO DA LAVA JATO: DALLAGNOL NÃO VAI À CÂMARA E DEPUTADOS PEDEM CPI

11 de abril de 2019




"Sairia preso daqui", disparou o petista Rogério Correia sobre o procurador da Força-Tarefa do MPF no Paraná, em caso de investigação parlamentar



Convidado para prestar esclarecimentos sobre o acordo que entregaria R$ 2,5 bilhões da Petrobras a uma fundação privada gerida pela Lava Jato do Paraná, o procurador da República Deltan Dallagnol não compareceu à reunião da Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público da Câmara nesta quinta-feira (11).

Diante da ausência que impediu os questionamentos dos deputados, o líder do PT na Casa, Paulo Pimenta (RS), defendeu a instauração de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar essa e outras movimentações semelhantes da chamada Força-Tarefa do Ministério Público Federal (MPF).
Autor do requerimento do debate, o deputado Rogério Correia (PT-MG) reiterou a gravidade do tema e disse que, se uma investigação desse tipo já estivesse em andamento, Dallagnol "sairia preso" do Congresso.

Leia a íntegra na Revista Fórum.


Fonte: Brasil 247   por Vinicius Lousada, da Fórum 

















Nenhum comentário:

Postar um comentário