quarta-feira, 25 de setembro de 2019

LUTAR PELO QUE JULGAMOS SER JUSTO JÁ NOS DIGNIFICA E NOS ENOBRECE

25 de setembro de 2019





Começamos com uma espécie de “palavra de ordem”: abaixo o conformismo” !!!
A luta pelo Estado Democrático de Direito deve ser travada a todo tempo e em todos os lugares, tendo em vista a lastimável situação em que nos encontramos atualmente

Lutar pelo que julgamos ser justo já nos proporciona uma grande felicidade.
Não podemos nos abater pelo pessimismo. Não podemos “jogar a toalha” …
Este comportamento conformista só serve aos nossos adversários. A “luta” tem de ser permanente. Não podemos nos entregar … A “luta”, por si só, nos dá razão para viver.
Lutar pelo que julgamos ser justo já nos dignifica e nos enobrece perante as futuras gerações.
Pensemos em quantos companheiros idealistas morreram e foram torturados lutando por uma sociedade mais justa. Certo ou errado deram as suas vidas pelos outros, por uma nova ordem econômica, uma nova cultura.
Quando menos se espera, o povo desperta e passa a ser agente de sua própria história.
Enquanto houver injustiça neste mundo, haverá quem lute contra ela. Enquanto houver injustiças neste mundo, o explorador não terá sossego.
A rebeldia é inerente ao ser humano. Não existisse a rebeldia e ainda estaríamos dentro das cavernas.
A evolução da humanidade se deve muito às transgressões das normas impostas pelo poder dominante.
Se não houvesse o comportamento “marginal”, a sociedade não teria evoluído. Falo “marginal” no sentido de agir questionando o status 
 


Fonte: Diário do Centro do Mundo (D. C. M.)   por  Afrânio Silva Jardim














Nenhum comentário:

Postar um comentário