Postagens

Mostrando postagens de 2016

TIJOLAÇO: O GLOBO ERROU “SÓ” EM 400% O CUSTO DO PETRÓLEO DO PRÉ-SAL

Imagem
31 de Dezembro de 2016    Por Fernando Brito, do Tijolaço Segundo o jornalista Fernando Brito, do Tijoaço, o jornal O Globo "fez um estúpido editorial dizendo que os preços do petróleo tornavam o pré-sal um 'patrimônio inútil'"; de acordo com ele, a Petrobras confirmou oficialmente que o jornal usou "argumentos que contêm um erro de 'apenas' 400% no custo de extração de óleo em nossas principais jazidas petrolíferas" O que este blog vem afirmando aqui,  há duas semanas , desde que O Globo fez um estúpido editorial dizendo que os preços do petróleo tornavam o pré-sal um “patrimônio inútil”, foi confirmado oficialmente pela Petrobras que o jornal usar argumentos que contém um erro de “apenas” 400% no custo de extração de óleo em nossas principais jazidas petrolíferas. O Globo diz, para justificar o fato de que, com o petróleo sendo cotado a US$ 37 o barril não seria econômico produzir no pré-sal a custos estimados entre US$ 40 e US$ 57.

CONSERINO, O PROMOTOR, ATACA LULA EM REDES SOCIAIS

Imagem
Jornal GGN –  Cássio Conserino, controverso promotor que indiciou o ex-presidente Lula e Dona Marisa Letícia por “suspeita” de terem sido “beneficiários de vantagens ilícitas” na reforma do fatídico tríplex da OAS, no Guarujá, e na guarda de bens, oferece sua imagem nas redes sociais para mais uma trapalhada. Conserino usou sua conta no Facebook para atacar Lula, chamando o ex-presidente de “encantador de burros”. Como promotor, Conserino deveria saber que expor suas preferências políticas nas redes é um ato pouco inteligente, já que é público e o expõe como acusador por motivos outros que não a lei. Lei a matéria do Conjur a seguir. Do Conjur Promotor que investigava Lula usa Facebook para atacar ex-presidente Depois de se declarar suspeito para investigar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o promotor Cássio Conserino, do Ministério Público de São Paulo, usou seu perfil no Facebook para atacar Lula. Em uma foto publicada na rede social, ele chama o ex-presid

POPULAÇÃO REVOLTADA COM O GESTOR MUNICIPAL ATEIA FOGO EM FRENTE À SECRETARIA DE SAÚDE EM CAXIAS - MA

Imagem
Fim melancólico e triste da administração nefasta de Leonardo Coutinho Hoje cominou em quebra pau na Secretaria de Saúde, eram uma trinta pessoas revoltas, porque na Secretaria de Saúde, as pessoas que estão para atender acompanhantes e pacientes que necessitaram de tratamento fora de domicílio (TFD), as tratam com menosprezo, muitas das pessoas que foram na Secretaria de Saúde ouviram da tal Olívia, vem semana que vem, vem depois de amanhã, por aí se vai, nunca atende as pessoas como deveriam, pois recursos não faltaram para a saúde dos caxienses, ver no final. A Lei do SUS autoriza o pagamento de despesas com tratamento de pacientes fora do domicílio, com as passagens, estadias e alimentação para os acompanhantes, porém nesta administração faz o ressarcimento apenas das passagens com 03 (três) meses ou mais depois que os pacientes foram atendidos, muitas pessoas são de outros Municípios e também da Zona Rural que vêm receber seus ressarcimentos e são enganadas, depois de

MAGISTRADOS APRESENTAM AO STF DISPOSITIVO JURÍDICO QUE PEDE A INCONSTITUCIONALIDADE DA PEC DOS GASTOS PÚBLICOS

Imagem
28/12/2016     Redação   do CAFEZINHO Diversas associações de magistrados como a AMB, Anamatra e Ajufe questionaram junto ao STF os dispositivos da PEC que inserem o Poder Judiciário federal no novo regime fiscal. Associações de magistrados questionam emenda do teto dos gastos públicos A Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), a Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra) e a Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) ajuizaram no Supremo Tribunal Federal (STF) Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI 5633) contra dispositivos da Emenda Constitucional (EC) 95/2016, a qual instituiu novo regime fiscal que estabelece um teto para os gastos públicos da União por 20 anos. A relatora da ação, ministra Rosa Weber, requisitou informações sobre a matéria à Câmara dos Deputados e ao Senado Federal, a serem prestadas no prazo comum de cinco dias, a fim de subsidiar a análise do pedido de liminar. Após, será dada vista dos autos à advogad

NIÓBIO, O METAL QUE O BRASIL TRATA COMO LENDA

Imagem
Sobre o nióbio, em 2010, o WikiLeaks vazou um documento do Departamento de Estado norte-americano que incluía as minas brasileiras na lista de locais “imprescindíveis” aos planos dos Estados Unidos para infraestrutura “ Considerado um dos minerais mais valiosos do mundo, o nióbio é exemplo da falta de política industrial no Brasil”.  A observação é do jornalista Wanderley Preite Sobrinho, em artigo publicado na edição da revista bimestral Brasileiros.  “Dono das maiores reservas do mundo, o país desperdiça a chance de se tornar uma potência nas indústrias tecnológica e aeroespacial”, acrescentou no artigo intitulado O ouro ignorado por tolos . Extração de nióbio em andamento nos arredores de Araxá, cidade situada no sul de Minas Gerais por CdB em: 26/12/122016    Por Redação – de São Paulo A falta de uma estratégia industrial no governo do presidente de facto, Michel Temer, “tem como símbolo o nióbio, um mineral praticamente desconhecido do brasileiro,

LAVA JATO VAZA DEPOIMENTO PARA ATINGIR ADVOGADO DE LULA

Imagem
Mais uma vez a Operação Lava Jato mostra que é parcial, partidária e não probo, então vejamos, Aécio Neves foi depor hoje na Polícia Federal, porém não foi divulgado na grande mídia, mas houve vazamento contra o Lula e seu advogado para a "mídia amiga" para desviar a atenção do povo. Jornal GGN - Em novo vazamento seletivo à imprensa, investigadores da Lava Jato afirmam que o advogado Roberto Teixeira, que defende Lula no caso triplex e outros processos, era o responsável pelo pagamento do aluguel de um apartamento vizinho ao que o ex-presidente habita, em São Bernardo do Campo . Reportagem da Folha de S. Paulo desta terça (27), priorizando a versão dos investigadores, insinua que Teixeira, "na prática", não pagava o aluguel porque o dinheiro voltava para ele como "compensação por uma assessoria sobre imóveis que ele prestava". O depoimento teria sido dado pelo engenheiro Glauco da Costa Marques, dono do imóvel alugado, no papel, para a