Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2016

TRÊS INDÍGENAS GUARANI-KAIOWÁ SÃO BALEADOS EM NOVO ATAQUE EM MS

Imagem
Em Brasília ·          Dario Oliveira/ Código 19/ Estadão Conteúdo Mulher pinta o rosto para participar de ato no vão livre do Masp, na avenida Paulista, em São Paulo, em junho, contra a morte de índios guarani-kaiowá. Indígenas da etnia guarani-kaiowá voltaram a ser alvo de ataques de pistoleiros em Caarapó, Mato Grosso do Sul . Um homem de 32 anos e dois jovens de 15 e 17 anos foram baleados na noite de segunda-feira (11). Os crimes ocorrem em meio a um processo de demarcação e reconhecimento de terra de povos tradicionais da região. Segundo informações do Cimi (Conselho Indigenista Missionário), homens armados em quatro caminhonetes e um trator atacaram os indígenas que estavam acampados no "tekoha guapoy", terra indígena localizada na região de Dourados. O ataque dos pistoleiros ocorreu no mesmo município onde foi assassinado o agente de saúde Clodiodi de Souza, há menos de um mês. Os tiros acertaram um adulto de 32 anos e dois jovens, um de 15 e o

Três indígenas guarani-kaiowá são baleados em novo ataque em MS

Imagem
Em Brasília ·          Dario Oliveira/ Código 19/ Estadão Conteúdo Mulher pinta o rosto para participar de ato no vão livre do Masp, na avenida Paulista, em São Paulo, em junho, contra a morte de índios guarani-kaiowá. Indígenas da etnia guarani-kaiowá voltaram a ser alvo de ataques de pistoleiros em Caarapó, Mato Grosso do Sul . Um homem de 32 anos e dois jovens de 15 e 17 anos foram baleados na noite de segunda-feira (11). Os crimes ocorrem em meio a um processo de demarcação e reconhecimento de terra de povos tradicionais da região. Segundo informações do Cimi (Conselho Indigenista Missionário), homens armados em quatro caminhonetes e um trator atacaram os indígenas que estavam acampados no "tekoha guapoy", terra indígena localizada na região de Dourados. O ataque dos pistoleiros ocorreu no mesmo município onde foi assassinado o agente de saúde Clodiodi de Souza, há menos de um mês. Os tiros acertaram um adulto de 32 anos e dois jovens, um de 15 e outro