26 março 2017

DEPUTADO MINEIRO PEDE À JUSTIÇA E PF INFORMAÇÕES SOBRE O “HELICOCA”

      25 de março de 2017


O deputado federal Padre João (PT-MG) protocolou junto à Justiça e à Polícia Federal pedido de cópia dos autos e do inquérito que investiga o ex-deputado estadual Gustavo Perrella; um helicóptero com 450 quilos de cocaína foi apreendido pela Polícia Federal, em novembro de 2013, na cidade de Afonso Cláudio, no estado do Espírito Santo; a aeronave pertence à empresa Limeira Agropecuária, de propriedade do Perrela, que atualmente ocupa o cargo de Secretário Nacional de Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor no governo federal. 


Minas 247 - O deputado federal Padre João (PT-MG) protocolou junto à Justiça e à Polícia Federal pedido de cópia dos autos e do inquérito 666/2013, que investiga o ex-deputado estadual Gustavo Henrique Perrella Amaral Costa.


Um helicóptero com 450 quilos de cocaína foi apreendido pela Polícia Federal, em novembro de 2013, na cidade de Afonso Cláudio, no estado do Espírito Santo. A aeronave pertence à empresa Limeira Agropecuária, de propriedade do Perrela, que atualmente ocupa o cargo de Secretário Nacional de Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor no governo federal.

Para fundamentar o seu pedido, Padre João citou o Artigo 5º da Constituição Federal, que assegura o direito do cidadão de receber dos órgãos públicos informações de interesse particular, coletivo ou geral e que devem ser prestadas no prazo da Lei. O parlamentar também citou a Lei 15.527/2011 – de Acesso à Informação, no Artigo 10 que assegura os mesmos direitos.

Na avaliação do parlamentar, a apreensão de aeronaves com grande carga de droga está virando rotina. Em fevereiro de 2017, mais um avião foi encontrado em Pará de Minas com 430 quilos de pasta de cocaína.

“Não podemos permitir que esses crimes fiquem sem apuração. O helicóptero dos Perrellas foi pego em 2013. Já faz quatro anos e por isso queremos saber como anda o processo e o inquérito. É meia tonelada de cocaína. Se não houver apuração e condenação, será a desmoralização total da Justiça e da Polícia Federal”, desabafou.







Nenhum comentário: