Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2017

ÀS VÉSPERAS DE JULGAMENTO NO TSE, TEMER ACERTA PATROCÍNIO MILIONÁRIO DO GOVERNO A INSTITUTO DE GILMAR MENDES

Imagem
            31/05/2017 Uma faculdade que tem como sócio o ministro Gilmar Mendes, do STF (Supremo Tribunal Federal), anuncia de Michel Temer em um seminário patrocinado pelo governo. Gilmar é presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), corte que começa a julgar no dia 6 uma ação que pode cassar Temer. De acordo com a programação do Instituto Brasiliense de Direito Público (IDP), Temer participará da cerimônia de abertura do seminário, marcado para os dias 20 e 21 de junho, pouco mais de dez dias após a retomada do julgamento do TSE. As informações são de reportagem de na Folha de S.Paulo. "O evento é chamado de "7º Seminário Internacional de Direito Administrativo e Administração Pública -Segurança Pública a Partir do Sistema Prisional". O anúncio no site da faculdade de Gilmar estampa propaganda da Caixa Econômica Federal e o logo oficial do governo federal. O banco informou à Folha que vai repassar R$ 90 mil de patrocínio. O apoio do governo se dá

JBS: AÉCIO RECEBEU R$ 100 MILHÕES PARA CAMPANHA E COMPRA DE APOIO

Imagem
       29 de maio de 2017              Foto: Orlando Brito/ ObritoNews Jornal GGN - O senador tucano e candidato derrotado à Presidência em 2014, Aécio Neves, recebeu um caixa dois de R$ 60 milhões para a campanha exclusiva do parlamentar e mais R$ 40 milhões para a sua compra de apoio político, segundo delatores da JBS.  Segundo narrou Joesley Batista, dono do frigorífico, os repasses foram feitos por meio de propinas enviados por executivos do grupo e por meio de notas fiscais frias de empresas indicadas pelos dirigentes partidários. Dessa forma, os envios foram registrados como doações oficiais ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), maquiando a origem ilícita. Além da descrição dos ilícitos pela delação de Joesley, o executivo entregou documentos e comprovantes de pagamentos para os investigadores. Em uma planilha, por exemplo, a empresa esquematizou os repasses da campanha de 2014 do tucano: Os R$ 40 milhões dedicados à "construção" da bancada de

JUIZ E CÚMPLICE? TEMER AGE PARA INQUÉRITO DE ROCHA LOURES, DA MALA DE PROPINA SAIR DE FACHIN E IR PARA MORO

Imagem
               28 de maio de 2017 Acaba de cair o Ministro da Justiça, Osmar Serraglio, acaba de ser demitido. Para o seu lugar, vai o atual Ministro da Transparência (sic), Torquato Jardim, ex-ministro do TSE e por lá ainda influente. Dia 6, como se sabe, a cassação de Temer irá à pauta do Tribunal, embora seja, provavelmente, travada por um pedido de vistas. A demissão de Serraglio, porém, tem uma consequência imediata. A menos que seja nomeado para outro posto, ele volta para a Câmara e, com isso joga o delatado maleiro Rodrigo Rocha Loures para o foro comum, caso o TSE não o faça co-réu no processo que, fatalmente, se abrirá contra Michel Temer. Como há um pedido de prisão pendente contra Loures, feito por Rodrigo Janot, será Sérgio Moro quem o decidirá, no caso de que ele perca o foro privilegiado. E as negociações por sua delação premiada voltam à estaca zero, porque, em princípio, terão de ser fechadas com a PGR curitibana, leia-se a Força Tarefa. Hora de

AÉCIO E A APREENSÃO DA PF: ELE FEZ DE TUDO NO MUNDO DO CRIME NAS BARBAS DE GILMAR, FHC E MÍDIA. POR KIKO NOGUEIRA

Imagem
            27 de maio de 2017 — O que o Aécio não fez no mundo do crime?, me pergunta meu irmão Paulo Nogueira. A resposta é óbvia: nada. A Polícia Federal apreendeu no gabinete do senador, em seu apartamento no Leblon e na casa em Brasília um arsenal incriminador inacreditável. Havia “diversos documentos acondicionados em saco plástico transparente, dentre eles um papel azul com senhas, diversos comprovantes de depósitos e anotações manuscritas, dentre elas a inscrição ‘cx 2’”, diz o relatório. Recolheram também o seguinte: . Um aparelho bloqueador de sinal telefônico, um telefone celular e um pen drive. . “Uma pasta transparente contendo cópias da agenda de 2016 onde verifica-se agendamento com Joesley Batista”. . “Folhas impressas contendo planilhas com indicações para cargos federais, com remuneração e direcionamento em qual partido político pertence ou foi indicado”. . “Folhas impressas no idioma aparentemente alemão, relativo a Norbert

AÉCIO ESCONDEU PROPINA COM SOGRA APÓS SABER DE DELAÇÃO

Imagem
         26 de maio de 2017 Poder ,   governo encurralado  Emissário de Aécio escondeu propina com sogra após saber de delação Um dia antes da operação Patmos ser deflagrada na quinta-feira (18), o assessor parlamentar Mendherson Souza Lima, apontado como um dos responsáveis por transportar propina paga pela JBS ao senador Aécio Neves (PSDB-MG), levou para casa da sogra R$ 480 mil em espécie. Em documento assinado por Azelina Rosa Ribeiro, sogra de Mendherson, ela reconhece que autorizou a entrada de policiais federais em sua casa, em Nova Lima (MG), "com o fim de recolher o conteúdo de duas sacolas deixadas pelo genro Mendherson Souza Lima na noite de 17 de maio". Foi nesta data que o jornal "O Globo" publicou a notícia sobre a delação da JBS e o suposto esquema de propina do qual o senador Aécio Neves teria se beneficiado. Os pacotes com cédulas de R$ 100 estavam escondidos em um dos quartos da casa de Azelina. Mendherson trabalhava como assessor

REFORMA TRABALHISTA: MINISTROS DO TST APONTAM CERCA DE 50 LESÕES A DIREITOS NA PROPOSTA

Imagem
        26 de maio de 2017 Documento entregue à Presidência do Senado e ao relator do PLC nº 38/2017 é assinado por 17 ministros Dezessete ministros do Tribunal Superior do Trabalho (TST), o que corresponde a mais de 62% da composição do Tribunal Pleno, entregaram à Presidência do Senado Federal na tarde desta quarta-feira (24/5) documento com considerações jurídicas ao PLC nº 38/2017, que dispõe sobre a reforma trabalhista. O documento também foi entregue ao gabinete do senador Ricardo Ferraço, relator da proposta na Comissões de Assuntos Econômicos (CAE) e de Assuntos Sociais (CAS) e a diversos parlamentares presentes à sessão. Os ministros encontraram no texto da reforma cerca de 50 lesões graves de direitos, muitos deles de caráter múltiplo, bem como de garantias trabalhistas dos empregados, além de ameaças a regras de segurança dos trabalhadores. O documento também ressalta a preocupação dos signatários com a liberação da prática da terceirização de forma irrestrita em

OFICIAL! SOB ORDENS DE TEMER E PSDB, PETROBRÁS ABRE MÃO DO PRÉ-SAL

Imagem
          25 de maio de 2017 Com o governo de Michel Temer, rejeitado por 95% dos brasileiros, vivendo seus dias derradeiros, a Petrobras anunciou que não irá explorar cinco de oito campos do pré-sal que serão leiloados em outubro. A alegação da companhia, sob a gestão de Pedro Parente, é que a empresa não tem recursos para explorar uma riqueza que ela própria descobriu. Com isso, enquanto todos os países do mundo cuidam de suas reservas energéticas, o Brasil abre caminho para que seu petróleo seja explorado por empresas como Shell, Exxon, Chevron e Total. Com essa abertura, Temer cumpre uma das promessas do golpe parlamentar de 2016, que era a entrega do pré-sal. Alguns presidenciáveis, no entanto, alertam que esses acordos são precários e serão revistos no futuro. "Tudo que o Parente fizer será desfeito", avisa Ciro Gomes. Abaixo, reportagem da Reuters: Por Marta Nogueira e Rodrigo Viga Gaier RIO DE JANEIRO (Reuters) - Diante de restrições financ

RODRIGO MAIA DESMENTE MICHEL TEMER. O CLIMA É TENSO EM BRASÍLIA

Imagem
      24 de maio de 2017 O ministro da Defesa, Raul Jugmann comunicou à imprensa no Palácio do Planalto que o presidente Michel Temer, atendendo a pedido do presidente da Câmara, Rodrigo Maia autorizou o uso das Forças Armadas por uma semana na segurança da Esplanada dos Ministérios. Ao assumir os trabalhos no plenário da Câmara, Rodrigo Mais foi cobrado por vários parlamentares e desmentiu o Palácio do Planalto, inclusive divulgando o ofício enviado a Temer. De fato, como podem ver no documento, Rodrigo Maia solicitou apenas o uso da Força Nacional de Segurança no dia de hoje para proteger “os edifícios do Parlamento”. Confusão e tensão Foi decisão pessoal de Michel Temer em vez de usar a Força Nacional de Segurança convocar as Forças Armadas por uma semana. O ministro do STF, Marco Aurélio Mello estranhou o uso das Forças Armadas por uma semana: “Eu espero que a notícia não seja verdadeira. O chefe do Poder Executivo teria editado um decreto autorizando o uso das Fo

RENÚNCIA DE TEMER É QUESTÃO DE TEMPO E ELA JÁ ESTARIA NEGOCIANDO EXÍLIO E SUA DELAÇÃO

Imagem
               23 de maio de 2017 A situação de Michel Temer se deteriora tão rapidamente que ele terá dificuldades de terminar a semana à frente da presidência da República. O trunfo que ele tinha para permanecer no cargo eram, pela ordem: a) o apoio da Globo e de toda a mídia; b) uma base fisiológica no Congresso que era mantida na base dos mais espúrios esquemas; c) as reformas neoliberais que prometia fazer aos grandes empresários e banqueiros. Temer não tem mais nada disso. Foi-se a Globo e com ela o resto foi escorrendo pelos dedos. Tanto que no jantar que ofereceu ontem na sua casa conseguiu reunir aproximadamente 30 parlamentares, entre deputados e senadores. Ou seja, quase ninugém. Ao mesmo tempo seus ministros mais próximos estão todos sendo investigados. E seus assessores diretos estão sendo presos aos poucos. Na sua ante-sala do Planalto eram quatro que agiam e falavam em seu nome. José Yunes, amigo da vida inteira, que fez uma pré-delação e envolveu Elis

CORRUPTOR DA JBS FOI DEMITIDO POR DILMA POR CORRUPÇÃO E CONTRATADO PELA JBS INDICADO POR TEMER

Imagem
        22 de maio de 2017 O delator Ricardo Saud era o homem de confiança de Wagner Rossi no Ministério da Agricultura em 2011, antes de exercer função relacionada a pagamento de propina a políticos como Michel Temer e Aécio Neves (PSDB) na JBS. Ele foi diretor do programa de Cooperativismo da pasta. Envolvido em uma série de suspeitas de corrupção e tráfico de influência, Wagner Rossi era indicado de Michel Temer e foi demitido pela presidente Dilma Rousseff, depois da revelação de que ele e o filho, o deputado Baleia Rossi (PMDB-SP), usavam o jatinho de uma empresa de agronegócios, a Ouro Fino, para viagens particulares. Ricardo Saud era sócio da Ethika Suplementos e Bem Estar, uma subsidiária do grupo Ouro Fino, empresa que ampliou o faturamento em 81% depois de entrar no mercado de vacinas contra a febre aftosa. Antes de virar delator da JBS, Saud também teria atuado ainda, quando era secretário de Desenvolvimento Econômico em Uberaba, para a doação de terreno de 226