Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2017

DECISÃO QUE FAVORECEU AÉCIO CONFIRMA JUSTIÇA DE DOIS PESOS E DUAS MEDIDAS. POR JOAQUIM DE CARVALHO

Imagem
      30 de junho de 2017 O Supremo Tribunal Federal legitimou a queda de um presidente eleita com 54 milhões de votos, sem que o Senado apresentasse prova de crime de responsabilidade. Dizer que pedalada fiscal justifica impeachment é uma piada. A corte não reconheceu os argumentos da defesa de Dilma Rousseff e agora o ministro Marco Aurélio Mello diz que é preciso respeitar as prerrogativas de quem detém mandato. “Mandato parlamentar é coisa séria”, observa ele em sua decisão de 16 páginas. E mandato presidencial? O que não valeu para a chefe do poder executivo, que conquistou o mandato pela maioria dos eleitores, vale para  Aécio Neves, derrotado por Dilma Rousseff. Diz Marco Aurélio: “E mais que hora de a Suprema Corte restabelecer o respeito à Constituição, preservando as garantias do mandato parlamentar. Sejam quais forem as denúncias contra o senador mineiro, não cabe ao STF, por seu plenário e, muito menos, por ordem monocrática, afastar um p

LAVA JATO QUER CANCELAR DELAÇÃO DE DOLEIRO QUE CITOU TUCANOS CACIQUES DO PSDB

Imagem
     29 de junho de 2017 Alvo da Operação Dragão, da Polícia Federal, o doleiro e empresário Adir Assad está preso na carceragem da PF em Curitiba desde o ano passado, sob acusação de, entre outros crimes, chefiar um esquema de empresas de fachada responsáveis por emitir notas frias para lavagem de dinheiro de propinas para empreiteiras, entre as quais a Andrade Gutierrez. Desde a prisão, Assad, tido como operador central de desvios de obras dos governos tucanos em São Paulo vem tentando negociar uma “colaboração premiada” na qual promete contar em detalhes e mostrar provas de um esquema criminoso na estatal paulista Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S/A – estatal responsável por obras viárias,), do qual fez parte Paulo Vieira de Souza, o Paulo Preto, diretor da estatal entre 2007 e 2010, na gestão José Serra (PSDB) no governo de São Paulo. Na tratativa com o Ministério Público Federal (MPF), Assad afirmou que mostraria provas de um repasse de R$ 100 milhões em propina a Pau

SARNEY, JOÃO ALBERTO, EDSON LOBÃO, SARNEY FILHO E NICOLAO DINO SÃO PROTAGONISTAS DA CRISE QUE ABALA A REPÚBLICA

Imagem
          João Alberto, Edson Lobão, Sarney Filho E Nicolao Dino No Centro Da Crise Política Que Abala Os Pilares Da República 28 de junho de 2017 Visto por meio mundo como um estado pobre, que permanece entre os últimos em matéria de indicadores sociais e econômicos, ao mesmo tempo em que é reconhecido como território culturalmente forte –m tanto na vertente popular quanto na seara formal e erudita -, o Maranhão permanece como um Estado politicamente muito ativo. Neste exato momento, não bastasse a influência do ex-presidente José Sarney (PMDB), o estado encontra-se no epicentro da crise política nacional, com seus com seus representantes políticos pontificando, como protagonistas, em várias frentes. o Senador João Alberto (PMDB) está no olho do furacão que alcançou o senado da república na forma de uma representação protocolada no Conselho de Ética pedindo a cassação do Senador mineiro afastado Aécio Neves (PSDB); o Senador Edison Lobão (PMDB) foi mais uma vez acusado de cor

PREFEITO FÁBIO GENTIL QUER ANULAR A VOTAÇÃO QUE REPROVOU SUAS CONTAS PELO CONSELHO DO FUNDEB

Imagem
  27 de junho de 2017 Nesta terça-feira dia 27 de junho de 2017 os conselheiros do FUNDEB foram convocados para irem ao Conselho responder um questionário do FNDE online, após o término dos questionamentos sobre o PNATE, o conselheiro e Advogado Jamerson Levi Alves Barros Titular representante do Poder Executivo solicitou aos conselheiros que não fossem embora que ele tinha um comunicado a fazer. O comunicado do conselheiro Jamerson tinha, era a informação de que os comprovantes dos depósitos do CAXIAS/PREV e INSS haviam chegado ao Conselho e estava à disposição dos conselheiros. Na sala de reuniões do Conselho se encontrava o Advogado Samuel que é Assessor Jurídico da Secretaria de Educação. O conselheiro Jamerson argumentou que as contas dos meses janeiro e fevereiro de 2017 foram reprovadas, pois faltava os comprovantes dos depósitos e como os comprovantes chegaram com 05 (cinco) dias depois da votação e reprovação, solicitou aos conselheiros que reflita e f

JANOT DENUNCIA TEMER AO STF POR CORRUPÇÃO PASSIVA

Imagem
O presidente Michel Temer (PMDB), que foi denunciado por Janot ao STF (Evaristo Sá/AFP) 26 de junho de 2017 Denúncia foi apresentada nesta noite ao Supremo com base nas investigações desencadeadas a partir da delação de Joesley Batista e outros executivos da JBS O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, encaminhou nesta noite ao Supremo Tribunal Federal (STF) denúncia por corrupção passiva contra o presidente da República, Michel Temer (PMDB), com base nas investigações desencadeadas a partir das delações da JBS. Leia   aqui   a íntegra da denúncia.

AVIÃO INTERCEPTADO PELA FAB COM MEIA TONELADA DE COCAÍNA DECOLOU DA FAZENDA DE BLAIRO MAGGI

Imagem
    Senador licenciado e ministro da Agricultura, Blairo Maggi: dono da Amaggi 26 de junho de 2017 Um avião bimotor com cerca de 500 quilos de cocaína foi interceptado neste domingo (25) no interior de Goiás, por um avião A-29 Super Tucano da Força Aérea Brasileira (FAB). A ação faz parte da Operação Ostium para coibir ilícitos transfronteiriços, na qual atuam em conjunto a FAB, a Polícia Federal e órgãos de segurança pública. Segundo nota divulgada pela Aeronáutica, o avião decolou da Fazenda Itamarati Norte, no município de Campo Novo do Parecis (MT) com destino a Santo Antonio Leverger (MT). A fazenda está arrendada ao Grupo Amaggi, de propriedade do senador licenciado e ministro da Agricultura, Blairo Maggi (PP). Na região, são 200,4 mil hectares em 19 fazendas próprias da Amaggi e 51,9 mil hectares arrendados do Grupo Itamarati, do empresário Olacyr de Moraes, em Campo Novo do Parecis.  O piloto da FAB comandou a mudança de rota e o pouso obrigatório no aer

CARTA CAPITAL APONTA QUADRILHA QUE PODE SER PRESA JUNTO COM TEMER

Imagem
     24 de junho de 2017 A revista Carta Capital deste fim de semana traz reportagem de capa que detalha a participação de todos os auxiliares diretos de Michel Temer na formação e atuação da quadrilha que assaltou o País. Texto do jornalista André Barrocal descreve que ascensão e declínio de nomes como os ministro Eliseu Padilha, Moreira Franco, do ex-ministro Geddel Vieira Lima, dos ex-presidentes da Câmara Henrique Eduardo Alves e Eduardo Cunha e o “homem da mala”, Rodrigo Rocha Loures. “O responsável pela situação? ‘Michel Temer é o capo, não é o Lula’, diz um sub-procurador-geral da República familiarizado com os rolos do homem que comandou o PMDB de 2001 a 2016”, diz a reportagem. A Carta Capital detalha também a participação de outros nomes como Lúcio Funaro, coronel João Baptista Lima Filho e Fábio Cleto no esquema liderado por Michel Temer. Leia um trecho: “Uma mensagem achada pela PF em um celular de Loures ilustra bem a ação conjunta da enrascada tru

PF CONCLUI QUE DIÁLOGO ENTRE TEMER E JOESLEY FOI CONVERSA DE BANDIDOS

Imagem
     23 de junho de 2017 A semana termina com uma péssima notícia para o presidente Michel Temer. A Polícia Federal deve enviar ainda nesta sexta-feira (23) um laudo para o ministro Edson Fachin, confirmando que não houve edição do diálogo entre o presidente e o empresário Joesley Batista. Desta forma, cai por terra a principal estratégia da defesa de Michel Temer, que era a de levantar dúvidas sobre o conteúdo da gravação. O material é avassalador e depõe fortemente contra a conduta do presidente da República. Na fatídica gravação, Joesley informa a Temer que havia distribuído propina para um procurador do Ministério Público Federal, para dois juízes, para Eduardo Cunha e ainda para o operador financeiro Lúcio Funaro. Temer concorda com tudo e com referência a Cunha ele diz ‘tem que manter isso, viu?’. Numa outra parte da conversa, o empresário pede um novo interlocutor para substituir o ex-ministro Geddel Vieira Lima.  Temer indica o deputado federal R

O PREFEITO FÁBIO GENTIL TEM SUAS CONTAS REPROVADAS PELO CONSELHO DO FUNDEB

Imagem
                      22 de junho de 2017 O Conselho DO FUNDEB de Caxias – MA, hoje, 22/06/2017, reprovou as contas do Prefeito Fábio Gentil referentes aos meses de janeiro e fevereiro de 2017. Nas contas apresentadas pela Secretária de Educação, constava o relatório das contribuições previdenciárias recolhidas dos trabalhadores e da parte patronal referentes aos meses de janeiro e fevereiro, no entanto, não constavam os comprovantes de depósito para o CAXIAS/PREV e para o INSS, tanto dos Trabalhadores quanto da parte patronal que foram descontados dos recursos do FUNDEB. Junto a estas irregularidades, os conselheiros observaram ainda que, na folha de pagamento constavam 526 trabalhadores contratados no mês de janeiro de 2017 entre professores e AOSD no período de férias. Estes contratos ensejaram uma despesa R$ 579.482,14 aos recursos da educação. Desses trabalhadores contratados são 133 professores e 393 AOSD. Quando realizaram o primeiro exame nas contas, os conse

TEMER TENTA QUEBRAR JOESLEY, QUE O CHAMOU DE CHEFE DE QUADRILHA

Imagem
     21 de junho de 2017 A Advocacia-Geral da União, comandada por Grace Mendonça, e subordinada ao Palácio do Planalto, pediu ao Tribunal de Contas o bloqueio de R$ 850 milhões da JBS, cujo dono, Joesley Batista, acusou Michel Temer de chefiar "a maior e mais poderosa organização criminosa do País"; desde a denúncia, o governo federal tem mobilizado todo o aparato estatal para perseguir e tentar quebrar a JBS, com ações que já envolveram a Caixa e a Petrobras 247 –  A Advocacia-Geral da União, comandada por Grace Mendonça, e subordinada ao Palácio do Planalto, pediu ao Tribunal de Contas o bloqueio de R$ 850 milhões da JBS, cujo dono, Joesley Batista, acusou Michel Temer de chefiar "a maior e mais poderosa organização criminosa do País". "A Advocacia-Geral da União (AGU) entrou na tarde desta quarta-feira, 21, com uma manifestação junto ao Tribunal de Contas da União (TCU) para solicitar o imediato bloqueio de bens da JBS e de seus responsáveis

DÓLAR SOBE 1,29% APÓS REJEIÇÃO DA REFORMA TRABALHISTA EM COMISSÃO DO SENADO

Imagem
            20 de junho de 2017 Moeda americana encerrou o dia cotada a R$ 3,3320, maior valor de fechamento desde 18 de maio O dólar fechou com alta de mais de 1% frente ao real nesta terça-feira, 20, após a Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado rejeitar o texto principal da reforma trabalhista, demonstrando fragilidade do governo do presidente Michel Temer no Congresso Nacional. A aversão ao risco no exterior diante da queda do petróleo penalizou as moedas de países emergentes e ligadas a commodities e contribuiu para o mau humor. O relatório da reforma trabalhista foi rejeitado por 10 votos e 9 a favor, um placar que surpreendeu o mercado. Senadores governistas trabalhavam com a expectativa de que o texto pudesse ser aprovado por placar de 11 a 8 ou com vantagem de 12 a 8, conforme o quórum da votação. saiba mais Temer mantém otimismo por Reforma Trabalhista após derrota no Senado Reforma Trabalhista: texto é rejeitado em comissão no Senado M