Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2017

JANOT VOLTA A PEDIR A PRISÃO DE AÉCIO NEVES

Imagem
      31 de julho de 2017                 O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, voltou a pedir, nesta segunda-feira, a prisão do senador Aécio Neves (PSDB-MG), em razão da propina de R$ 2 milhões paga pela JBS a seu primo Fred Pacheco; derrotado nas eleições presidenciais de 2014, Aécio foi o principal responsável pelo golpe de 2016, que instalou Michel Temer no poder; hoje, os dois estão entre os políticos mais repudiados do Brasil, com rejeições de 90% e 94%, respectivamente; caberá à primeira turma do Supremo Tribunal Federal decidir sobre a prisão de Aécio, que lançou o Brasil à maior crise de sua história Minas 247 – O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, voltou a pedir, nesta segunda-feira, a prisão do senador Aécio Neves (PSDB-MG), em razão da propina de R$ 2 milhões paga pela JBS a seu primo Fred Pacheco. Derrotado nas eleições presidenciais de 2014, Aécio foi o principal responsável pelo golpe de 2016, que instalou Michel Temer no poder, m

FUP: LAVA JATO TIROU 3 MILHÕES DE EMPREGOS DA CADEIA DE ÓLEO E GÁS

Imagem
     29 de julho de 2017 Impacto da Operação Lava Jato e das políticas do governo Michel Temer na economia do país e no crescimento do desemprego é brutal; quando a Lava Jato foi deflagrada, em março de 2014, o IBGE apontava taxa de desemprego no Brasil de 7,1% no trimestre encerrado naquele mês; hoje, a taxa no período encerrado em junho chega a 13%, com 13,5 milhões de pessoas sem emprego; segundo o diretor de Relações Internacionais e de Movimentos Sociais da FUP, João Antônio de Moraes, só a cadeia de gás e petróleo comandada pela Petrobras perdeu cerca de 3 milhões de empregos; "A Lava Jato fecha os estaleiros, proíbe as empresas brasileiras de disputar licitações e paralisa as obras", afirma Eduardo Maretti, da  RBA  -  O impacto da Operação Lava Jato e das políticas do governo Michel Temer na economia do país e no crescimento do desemprego é brutal. Quando a Lava Jato foi deflagrada, em março de 2014, o IBGE apontava taxa de desemprego no Brasi de 7,1% no t

DENÚNCIA GRAVE: MEIRELLES TOMOU MEDIDAS ECONÔMICAS QUE VALORIZARAM SEUS PRÓPRIOS INVESTIMENTOS E QUEBRARAM O PAÍS

Imagem
    28 de julho de 2017 Enquanto a Lava Jato sequestra todos os bens de Lula, avaliados em R$ 9 milhões, roubando sua aposentadoria e seu fundo de previdência, impedindo que o ex-presidente tenha dinheiro até mesmo para se alimentar, quanto mais pagar seus advogados e funcionários do Instituto, o ministro da Fazenda do governo golpista, que recebeu mais de R$ 200 milhões às vésperas de assumir a pasta, continua faturando alto com o rendimento de títulos públicos e fundos especulativos. Segundo reportagem do BuzzFeed, que não recebe nenhum dos milionários anúncios da Petrobrás que enchem as páginas do Globo, Folha, Veja e Estadão, os investimentos de Meirelles, depois de assumir o governo, renderam mais que o dobro da taxa Selic. Ou seja, as mesmas medidas econômicas que estão arruinando o país, esvaziando os cofres de municípios, estados e União, estão enchendo as burras da empresa de Meirelles. Todas as teorias da Lava Jato empalidecem e perdem qualquer sentido diante

LAVA JATO QUER CANCELAR DELAÇÃO DE DOLEIRO QUE CITOU TUCANOS CACIQUES DO PSDB

Imagem
        27 de julho de 2017 Alvo da Operação Dragão, da Polícia Federal, o doleiro e empresário Adir Assad está preso na carceragem da PF em Curitiba desde o ano passado, sob acusação de, entre outros crimes, chefiar um esquema de empresas de fachada responsáveis por emitir notas frias para lavagem de dinheiro de propinas para empreiteiras, entre as quais a Andrade Gutierrez. Desde a prisão, Assad, tido como operador central de desvios de obras dos governos tucanos em São Paulo vem tentando negociar uma “colaboração premiada” na qual promete contar em detalhes e mostrar provas de um esquema criminoso na estatal paulista Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S/A – estatal responsável por obras viárias,), do qual fez parte Paulo Vieira de Souza, o Paulo Preto, diretor da estatal entre 2007 e 2010, na gestão José Serra (PSDB) no governo de São Paulo. Na tratativa com o Ministério Público Federal (MPF), Assad afirmou que mostraria provas de um repasse de R$ 100 milhões em propina a

PF PRENDE AUDITOR DA RECEITA E EMPRESÁRIO NA ZELOTES

Imagem
Operação Zelotes, da Polícia Federal investiga um dos maiores esquemas de sonegação fiscal já descobertos (Ivan Pacheco/VEJA) Os dois se tornaram réus nesta segunda-feira, quando a Justiça Federal de Brasília aceitou denúncia do Ministério Público A Polícia Federal prendeu duas pessoas na manhã desta quarta-feira em um desdobramento da Operação Zelotes, que investiga um esquema de corrupção envolvendo julgamentos no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf). O órgão julga recursos contra multas aplicadas pela Receita Federal. Foram presos o auditor da Receita Eduardo Leite e Mario Pagnozzi. Leite, chefe da delegacia da Receita em São Paulo, é investigado em três processos. Pagnozzi é investigado por ser o operador da distribuição de propina para os envolvidos no esquema de corrupção. Os dois se tornaram réus nesta segunda-feira, quando a Justiça Federal de Brasília aceitou denúncia do Ministério Público. Além de Leite e Pagnozzi, outras nove pessoas se tor

SÓ QUERIAM DERRUBAR DILMA, NÃO O FIM DA CORRUPÇÃO, DIZ CHEFE DA LAVA JATO

Imagem
   24 de julho de 2017 O procurador Carlos Fernando Lima, um dos integrantes da força-tarefa da Lava Jato, constatou que a motivação de muitas pessoas que apoiavam a operação era apenas derrubar a presidente Dilma Rousseff, e não o fim da corrupção;  "Infelizmente muitas pessoas que apoiavam a investigação só queriam o fim do governo Dilma e não o fim da corrupção. Agora que Temer conseguiu com liberação de verbas, cargos e perdão de dívidas ganhar apoio do Congresso, o seu partido deseja acabar com as suas investigações. Mas, mesmo com todas as articulações do governo e de seus aliados, as investigações vão continuar por todo país", escreveu; curiosamente, o Brasil trocou uma presidente reconhecidamente honesta pelo primeiro ocupante da presidência acusado de corrupção em toda a história do Brasil 247 – O procurador Carlos Fernando Lima, um dos integrantes da força-tarefa da Lava Jato, constatou que a motivação de muitas pessoas que apoiavam a operação era

‘GRUPO CRIMINOSO’ NA CÂMARA DOS DEPUTADOS É REVELADO POR RODRIGO JANOT

Imagem
   23 de julho de 2017 O atual procurador-Geral da República, #Rodrigo Janot, comentou sobre um perigoso “grupo criminoso” que atua dentro da #Câmara dos Deputados. O procurador se refere ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB). O que fez Janot caracterizar o grupo como criminoso foi a denúncia apresentada pela procuradoria contra o presidente da República, Michel Temer. Segundo Janot, o PMDB montou um esquema ilícito, tendo como base o partido a fim de proporcionar enriquecimento para grupos empresariais e políticos, desviando dinheiro público e buscando formas para financiar campanhas eleitorais. O grupo seria muito organizado e articulado pelos próprios parlamentares na Câmara. Na denúncia apresentada contra Temer, o procurador foi enfático e explicou exatamente como é atuação desse grupo criminoso. Conforme as investigações da Operação Lava Jato avançam, mais políticos e partidos se mostram “encrencados” com a Justiça.  Políticos ‘enrolados’ N

PSDB DE ‘CABELO’ EM PÉ: DELAÇÃO DE MARCOS VALÉRIO ATINGE DE FRENTE SERRA, AÉCIO E FHC; SAIBA

Imagem
     22 de julho de 2017 Segundo informações repassadas por fontes da Lava Jato, delação do publicitário Marcos Valério atinge veementemente tucanos. O mais implicado é o senador Aécio Neves, acusado de receber comissão por contrato com o Banco do Brasil. Durante o governo Fernando Henrique Cardoso, afirma Valério, sua agência, a DNA Propaganda, repassou ao senador 2% do faturamento de contrato com o Banco do Brasil, que havia sido arranjado pelo senador com aval do ex-presidente. Outra delação pesada é em relação à campanha do ex-candidato a governador Eduardo Azeredo, no chamado mensalão mineiro, em que são descritos desvios de estatais como Cemig, Copasa, Furnas, Comig, Eletrobras, Petrobras, Correios, Banco do Brasil e Banco do Estado de Minas Gerais, em 1998. Mas não são só os mineiros os denunciados. Segundo Valério, a campanha de FHC à reeleição, em 1998, e a de José Serra, em 2002, também tiveram esquema de empréstimos fraudulentos do Banco Rural e repasse d

QUEBRA DO SIGILO TELEFÔNICO DE CUNHA REVELA CONTATOS COM INTEGRANTES DO STJ, TCU E CNJ

Imagem
        19 de julho de 2017 MP considera dados relevantes para as investigações em curso contra o ex-deputado, que negocia uma delação premiada Relatório inédito da Procuradoria-Geral da República sobre a quebra do sigilo telefônico do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) detectou conversas com autoridades do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Tribunal de Contas da União (TCU) e Conselho Nacional de Justiça (CNJ). A análise, que está sob sigilo, abrangeu o período de 2012 a 2014 e foi autorizada pela Justiça Federal do Rio Grande do Norte para trazer elementos às investigações em curso no estado. Os dados foram considerados relevantes pelos investigadores porque mostram o trânsito de Cunha com autoridades do Judiciário. Cunha manteve sete contatos telefônicos – entre telefonemas e mensagens de texto – com um celular do gabinete do ministro do STJ Benedito Gonçalves – que, assim como o ex-parlamentar, também é do Rio de Janeiro.  Em relação ao TCU, o ex-deputado m