Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2017

MORO PERDOOU 97% DAS MULTAS COBRADAS A CRIMINOSOS DA LAVA JATO; PREJUÍZO DE R$ 16 BILHÕES

Imagem
      31 de agosto de 2017 Multas perdoadas por Moro cobririam o aumento da gasolina e diminuição do salário mínimo Cifras bilionárias cobradas em ações penais pela força-tarefa da Lava Jato em Curitiba desde o início do escândalo, em 2014, despencaram nas decisões do juiz Sergio Moro. A Folha comparou o valor pedido pelos procuradores com as decisões tomadas por Moro em nove das principais ações penais abertas na Lava Jato. O juiz acolheu apenas 3% do valor requerido. Odebrecht, Andrade Gutierrez e OAS, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o ex-ministro Antonio Palocci (PT) e o ex-deputado federal Eduardo Cunha (PMDB). A grande diferença de valores se explica por dois motivos que mostram divergências entre os dois lados. Em primeiro lugar, procuradores queriam a decretação do chamado "perdimento" não só do dinheiro da corrupção, mas também dos supostos ganhos que empresas e pessoas conseguiram a partir desta prática. Só nesse quesito, quer

DEPUTADOS ACUSAM CRIME DE TEMER AO VAZAR FIM DE RESERVA A CANADENSES

Imagem
         29 de agosto de 2017 Três deputados federais do PT foram à Procuradoria Geral da República (PGR) pedir investigação contra Michel Temer e dois ministros por crime de responsabilidade e improbidade administrativa, pelo fato de terem revelado antecipadamente, a mineradoras canadenses, o fim da Reserva Nacional de Cobre e Associados (Renca). Segundo denúncia publicada pela agência britânica de notícias BBC, "em março, cinco meses antes do anúncio oficial do governo, o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, anunciou a empresários do país que a área de preservação amazônica seria extinta, e que sua exploração seria leiloada entre empresas privadas". O segundo ministro citado no pedido é o Chefe do Gabinete de Segurança Institucional, Sérgio Etchegoyen. No documento, Carlos Zarattini (SP), Arlindo Chinaglia (SP) e Marco Maia (RS) denunciam "a implosão de um sistema de proteção, numa área politicamente estratégica para o País e, no bojo des

CUNHA ATACA TEMER E AÉCIO: ’SE ATÉ QUEM CARREGOU MALA FOI SOLTO, POR QUE EU CONTINUO PRESO?’

Imagem
     28 de agosto de 2017 Com dificuldades na negociação de sua delação premiada, o ex-deputado Eduardo Cunha abriu uma ofensiva contra o relator da Lava Jato no STF (Supremo Tribunal Federal), Edson Fachin. Ele acusa o ministro de obstruir pedidos de liberdade e beneficiar executivos da JBS. Em nota escrita no complexo penal em que está preso, Cunha relata que Joesley Batista e Ricardo Saud, da JBS, pediram ajuda para aprovar o nome de Fachin para o STF, em 2015, e que disseram manter "relação de amizade" com o então candidato. "Quando Joesley Batista e Ricardo Saud me procuraram para ajudar na aprovação [de] Fachin, além da relação de amizade que declararam ter com ele, me passaram a convicção de que o país iria ganhar com a atuação de um ministro que daria a assistência jurisdicional de que a sociedade necessitava." O ex-presidente da Câmara alega que Fachin concedeu "assistência célere e eficiente" aos donos da JBS, "que em apenas

BOMBA! DOLEIRO DELATA AMIGO DE SERGIO MORO POR VENDER FAVORES NA LAVA JATO EM NOME DO JUIZ E DE PROCURADORES

Imagem
    27 de agosto de 2017 O fato é que Moro perdoou mais de 600 anos de prisão e devolveu mais de R$ 100 milhões de prisioneiros condenados Investigado na Lava Jato, o advogado Rodrigo Tacla Duran, que tem cidadania espanhola e não foi extraditado ao Brasil, acusa o advogado Carlos Zucolotto Júnior, amigo do juiz Sergio Moro, de vender favores na Operação Lava Jato, como a redução de penas e multas. É o que a aponta a jornalista Mônica Bergamo, em reportagem publicada neste domingo na Folha de S. Paulo. "O advogado Rodrigo Tacla Duran, que trabalhou para a Odebrecht de 2011 a 2016, acusa o advogado trabalhista Carlos Zucolotto Junior, amigo e padrinho de casamento do juiz Sergio Moro, de intermediar negociações paralelas dele com a força-tarefa da Operação Lava Jato. O advogado é também defensor do procurador Carlos Fernando dos Santos Lima em ação trabalhista que corre no STJ (Superior Tribunal de Justiça)", diz Mônica. Tacla Duran diz ter em seus arquivo

PGR CONCLUI QUE MINISTRO DE TEMER É CHEFE DE QUADRILHA NO MATO GROSSO

Imagem
        25 de agosto de 2017 O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, afirmou que o ex-governador do Mato Grosso Blairo Maggi, um dos alvos da delação premiada de Silval Barbosa, que foi vice-governador na gestão Maggi e depois governador do Estado, foi líder da organização criminosa que acontecia na região. No pedido enviado ao Supremo Tribunal Federal para que fosse aberto um inquérito a fim de investigar supostos crimes ocorridos no governo do Mato Grosso, Janot ressalta: "Entre os agentes politicos, destaca-se a figura de Blairo Maggi, o qual exercia incontestavelmente a função de liderança mais proeminente na organização criminosa, embora se possa afirmar que outros personagens tinham também sua parcela de comando no grupo, entre eles o próprio Silval Barbosa e José Geraldo Riva". A abertura de inquérito foi autorizada nesta sexta-feira 25 pelo ministro Luiz Fux. O ministro também retirou o sigilo da delação de Barbosa, que atinge também três parente

COMPARTILHE! LISTA DAS EMPRESAS QUE DEVEM R$ 545 BILHÕES E O GOVERNO NÃO COBROU E LEVOU A AUMENTO DE IMPOSTOS E CORTE DE SALÁRIOS

Imagem
      21 de agosto de 2017 Essa dívida de 1,8 milhão de empresas é referente às contribuições sociais, que também incluem a CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido). Os dados constam em documento da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) entregue à CPI da Previdência. Os valores arrecadados por meio desses tributos vão para o orçamento da Seguridade Social – que abrange a Previdência, a saúde e a assistência social– e ajudam a financiar programas como o SUS (Sistema Único de Saúde), o seguro-desemprego e o abono salarial. O débito referente a essas contribuições equivale a 30% de todas as dívidas de pessoas e empresas com a União, que somavam R$ 1,8 trilhão no ano passado. Entre os 20 maiores devedores estão grandes empresas falidas, como Varig, Vasp e Transbrasil. Mas também há companhias em atividade, como Walmart, Ambev S.A. (controladora de marcas como Skol, Brahma e Antarctica), Eletropaulo, Itaucard, Raízen Combustíveis (junção da Cosan

SERGIO MORO TEVE ENCONTRO FORA DA AGENDA COM RODRIGO MAIA, QUE É ACUSADO NA LAVA JATO

Imagem
          19 de agosto de 2017 Moro sente-se bem a vontade ao lado de tucanos, peemedebistas e de gente do DEM também no que tange ao “encontro formal” de Moro com Rodrigo Maia, Moro mostra que não passa nem perto do PT, PCdoB ou outros partidos, o juiz sempre encontra-se em festas, eventos e reuniões com deputados tucanos, senadores do PSDB acusados de corrupção, o encontro ocorreu no gabinete do Rodrigo Maia, que é investigado por corrupção, lavagem de dinheiro e outros, a desculpa de Moro é que era mera “formalidade”, mas para quem encontrou Aécio, Serra, Dória, Capez . O encontro está registrado no site do deputado Rodrigo Maia. O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, recebeu, nesta quinta-feira, o juiz federal Sergio Moro, responsável pela Operação Lava Jato, da Polícia Federal, em primeira instância. Moro veio à Câmara para participar de audiência pública na comissão especial que analisa medidas de combate à corrupção apresentadas pelo Ministério Públ

HERDEIRA DO CREDIT SUISSE DOBRA PARA R$ 1 MILHÃO DOAÇÃO A LULA

Imagem
   17 de agosto de 2017 A Justiça paulista determinou que Roberta Luchsinger, herdeira de um ex-acionista do banco Credit Suisse, pague um débito de R$ 62 mil com uma loja antes de doar dinheiro a alguém. A decisão do magistrado Felipe Albertini Nani Viaro, da 26º Vara Cível, veio na esteira do anúncio feito por Roberta de que iria doar R$ 500 mil para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, após ele ter os bens bloqueados por decisão do juiz federal Sérgio Moro, no âmbito da Lava Jato. Pelas redes sociais, a herdeira definiu a decisão do magistrado como "perseguição" e anunciou que irá dobrar a oferta ao petista. "Depois de quererem bloquear a doação ao Lula, eu decidi dobrar", anunciou, pelo Twitter. "Acho que a partir de agora, baseado na decisão do juiz que quer me impedir de doar para o Lula, confirmando assim a perseguição contra o presidente, deveria ser proibida qualquer doação a seja quem fosse. A começar pelas empresas que doam ao D

JATINHO USADO POR DORIA PARA VIAJAR PELO PAÍS É DE ADVOGADO COM CONTRATO MILIONÁRIO SEM LICITAÇÃO NO GOVERNO TEMER

Imagem
   16 de agosto de 2017 O avião utilizado pelo prefeito João Doria para ir hoje a Palmas, no Tocantins, pertence ao escritório de Nélson Willians, advogado com ligações muito próximas de Michel Temer e o PMDB. O escritório de Nélson Willians foi contratado, no ano passado, pela diretoria do Porto de Santos, antigo feudo político de Temer, para arbitrar uma disputa com a empresa Libra, uma das arrendatárias do porto para operações de contêineres, ao qual a empresa estaria devendo R$ 2,3 bilhões. Não houve licitação para a escolha do escritório e sua contratação chamou a atenção também porque a Libra tem ligações com Temer. Seus sócios doaram R$ 1 milhão para sua campanha a vice-presidente, em 2014. Pelo de arbitragem, o escritório pode receber R$ 23 milhões, 1% do valor da dívida. A vinculação do escritório de Nélson Willians com os interesses de Temer também passa pelo processo de impeachment que tirou Dilma Rousseff do Palácio do Planalto. Dois sócios de Nélson Willi

15 DE AGOSTO: LAVA JATO COMPLETA 4 ANOS E NENHUM MEMBRO DO PSDB FOI PRESO

Imagem
         15  de agosto de 2017 Uma das principais críticas à operação Lava Jato é a seletividade. Ou seja, a ideia de que os juízes e procuradores interpretam os indícios de maneira diferente, conforme o nome do réu ou o partido político envolvido nas denúncias. PT, PSDB e PMDB foram os que mais receberam dinheiro de empresas citadas na Lava Jato. Os partidos se defendem dizendo que as doações foram feitas conforme a lei. Entre os três mais citados, apenas o PSDB não teve nenhum dos membros preso. O senador Aécio Neves é o único político tucano com abertura de inquérito solicitada pela Procuradoria Geral da República. E os indícios contra ele não são poucos. O dono da empresa JBS, Joesley Batista, disse em delação premiada que Aécio recebeu 60 milhões de reais ilegalmente em 2014. Essa acusação ainda não tem provas. Acontece que Joesley entregou à Justiça uma gravação deste ano, em que Aécio Neves aparece pedindo a ele dois milhões de reais para pagar sua defesa na La

GOVERNO GENTIS/MARINHOS CAUSA PREJUÍZO NA COMUNIDADE DA ESCOLA EDSON LOBÃO

Imagem
      13 de agoto de 2017 O impasse na UNIDADE INTEGRADA MUNICIPAL “EDSON LOBÃO”, sempre foi uma Escola que as administrações não respeitam, porque o corpo docente e a Comunidade Escolar cobram eleições diretas para Direção Geral e Adjunta conforme o Art. 49 da Lei do Magistério de Caxias, como é um hábito nas Administrações caxiense em não respeitar esta Lei, eles colocam Diretores por indicação de vereadores, Secretários Municipais, pessoas sem curso de Licenciatura, neste governo a coisa é pior, pois chegaram denúncias no Sindicato que pessoa que não tem curso Superior foi contratada para cargo de Direção de Escola Municipal Caxiense. Há vários meses a Comunidade Escolar da Escola Edson Lobão vem tentando uma solução junto ao Governo para o problema da Direção Geral e Adjunto da Escola. A Comunidade Escolar depois que fizeram reunião e escolheram sua representante, foram até a Secretária de Educação entregaram o Ofício (protocolam em 17/04/2017) encaminhado o nome da

GLOBO PIRA DE ÓDIO! DECISÃO DE MILIONÁRIA DE AJUDAR LULA REVOLTA BRASILEIROS QUE PENSAM QUE SÃO RICOS; ENTENDA!

Imagem
         11 de agosto de 2017 Vista de longe, a neta do banqueiro suíço Roberta Luchsinger poderia ser confundida com uma batedora de panela, dessas que gravam vídeo para dizer “sou rica, sou rica”, têm horror a pobres e fingem se importar com eles. Roberta foi educada pelas melhores escolas, costuma se deslocar de helicóptero e recebia do avô banqueiro uma mesada de 28 mil francos suíços, o equivalente a 97 mil reais, segundo informa a jornalista Eliane Trindade, em sua coluna na Folha. A família de Roberta foi alvo de texto até de João Doria Júnior, que tem um faro especial para negócios que envolvem milionários — em 2016, em sua coluna na revista Istoé, Doria escreveu sobre uma disputa por herança na família. Só que Roberta não é como seu pares no Brasil, meritocratas da boca para fora, que não largam a teta do Estado. Não é tampouco bolivariana, socialista ou comunista. É alguém que entendeu a importância das políticas de inclusão social no Brasil. “Esse ód