Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2018

CÁRMEN LÚCIA MARCA SESSÃO EXTRAORDINÁRIA NO STF. LULA ENTRARÁ NA PAUTA?

Imagem
28 de junho de 2018 O destino do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva poderá ser decidido nesta sexta-feira. Isso porque a presidente do Supremo Tribunal Federal, Cármen Lúcia, decidiu pautar para amanhã uma sessão extraordinária do plenário da corte, em que o caso de Lula poderá ser discutido. A defesa do ex-presidente insiste para que Lula seja julgado na Segunda Turma do STF, como ocorre com diversos réus da Lava Jato. No entanto, uma manobra do ministro Edson Fachin suspendeu o julgamento de Lula na turma e o jogou para o plenário – o que poderá ocorrer já nesta sexta. Fachin também pediu ao STF que analise a questão da inelegibilidade de Lula 247 –  O destino do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva poderá ser decidido nesta sexta-feira. Isso porque a presidente do Supremo Tribunal Federal, Cármen Lúcia, decidiu pautar para amanhã uma sessão extraordinária do plenário da corte, em que o caso de Lula poderá ser discutido. A defesa do ex-presidente insiste para q

MINISTRO PARTIU PRO DESESPERO: FACHIN VETOU JULGAMENTO DE LULA POR SABER QUE SERIA DERROTADO; SAIBA!

Imagem
26 de junho de 2018 Levantamento sobre perfil da votação na Segunda Turma do STF, onde seria julgado recurso que poderia garantir liberdade de Lula, indica a razão de o relator da Lava Jato, Edson Fachin, ter vetado o julgamento: ele acumula uma série de derrotas na Segunda Turma. Foram nada menos que 16 derrotas nas 30 votações mais importantes no colegiado sobre casos da Lava Jato desde que assumiu a relatoria, em fevereiro de 2017. O levantamento foi feito pelo repórter Rafael Moraes Moura e publicado no jornal O Estado de S.Paulo. Fachin sofreu reveses na análise das ações penais que envolvem a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), no julgamento de recebimento de denúncias apresentadas pela Procuradoria-Geral da República contra parlamentares, sobre a manutenção ou não de prisões e sobre o compartilhamento de trechos de delações premiadas com o juiz Sérgio Moro. O levantamento, fechado ontem, segunda, chegava ao número de 13 derrotas de Fachin. Com as três de

DEFESA DE LULA INSISTE COM FACHIN QUE RECURSO SEJA JULGADO NESTA TERÇA

Imagem
25 de junho de 2018 A defesa do ex-presidente Lula pediu ao ministro do Supremo Tribunal Federal Edson Fachin que o pedido de liberdade seja julgado na sessão desta terça-feira (26) da Segunda Turma da Corte; os advogados de Lula também pedem que o ministro reconsidere decisão que rejeitou analisar o caso Por André Richter, repórter da Agência Brasil  - A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pediu há pouco ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin que o pedido de liberdade seja julgado na sessão de amanhã (26) da Segunda Turma da Corte. Os advogados de Lula também pedem que o ministro reconsidere decisão que rejeitou analisar o caso. No novo pedido, a defesa alega que Lula está preso ilegalmente há 80 dias e pede urgência no julgamento. "O dano concreto que se objetiva cessar é dirigido à liberdade do Agravante, custodiado na Superintendência Regional da Polícia Federal em Curitiba há 80 dias, mesmo a liberdade sendo bem jurídico de

MESSER QUER FALAR TUDO QUE SABE, MAS POR QUE NO PARANÁ NINGUÉM QUER OUVI-LO?

Imagem
24 de junho de 2018 “Essa matéria demonstra bem claramente como o Brasil é dominado por bandidos ricos, a perseguição ao PT e Lula, as proteções dos Ministros do STF aos grupos do PSDB, MDB, DEM que são denunciados com provas através de mensagens de Email’s, filmagens, áudios, extratos bancários, entre outras, as denúncias são arquivadas sem uma justificativa plausível e inclusive a Ministra Cármen Lúcia arquivou denúncias contra Ministros do STF que protegiam bandidos como Wesley Batista e outros, mas negaram o julgamento dos embargos dos processos de Lula com a maior ‘naturalidade’ isto é muito desolador e vergonhoso”. (crivo nosso) Desde que o doleiro Alberto Youssef foi preso pela primeira vez, em 2004, Dario Messer foi apresentado ao Brasil como “o doleiro dos doleiros”. Youssef, falando sobre os maiores operadores do mercado paralelo, disse: “Um era eu, a Tupi Câmbios, a Acaray, Câmbio Real, Sílvio Anspach, o Messer do Rio, o Rui Leite e o Armando Santoni”, disse.

ARAGÃO CONDENA CHICANA DE FACHIN CONTRA LULA

Imagem
23 de junho de 2018 Ex-ministro da Justiça, Eugênio Aragão chama de "chicana jurisdicional" a decisão do ministro Edson Fachin, do STF, de arquivar o pedido da defesa de Lula que seria julgado na próxima terça; "O STF se dobrará à chicana ou colocará ordem no processo para devolver a respeitabilidade à tão abalada justiça brasileira? As próximas horas o dirão", destaca; o jurista afirma ainda que "impressionam essas andanças do trf" ao observar a decisão do TRF-4 na véspera do julgamento do Supremo, o que provocou o arquivamento 247  - O ex-ministro da Justiça Eugênio Aragão definiu como "chicana jurisdicional" a decisão do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, de arquivar o pedido da defesa de Lula que seria julgado na próxima terça-feira 26 pela Segunda Turma do STF e poderia libertar o ex-presidente. "O STF se dobrará à chicana ou colocará ordem no processo para devolver a respeitabilidade à tão abalada justiça

FACHIN PRECISOU DE 45 MINUTOS PARA ANULAR JULGAMENTO DE LULA

Imagem
23 de junho de 2018 O intervalo de tempo entre a publicação da decisão do TRF-4, de Porto Alegre, e do ministro Edson Fachin, do STF, que arquivou na noite desta sexta 22 o recurso que julgaria a liberdade do ex-presidente Lula na próxima terça, foi de apenas 45 minutos; em nota após a decisão de Fachin, o advogado Cristiano Zanin Martins, que defende Lula, informou que irá recorrer e demonstrou estranhamento com o timing do TRF-4 247  - O intervalo de tempo entre a publicação da decisão do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) e do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), que arquivou na noite desta sexta 22 o recurso que julgaria a liberdade do ex-presidente Lula foi de 45 minutos. Às 19h05, o TRF-4  publicou em seu site  (que está fora do ar neste sábado) a decisão da vice-presidente do tribunal, desembargadora Maria de Fátima Freitas Labarrère, que admitiu o recurso especial do ex-presidente e negou o extraordinário. Por conta da dec

LULA ESTÁ LIMPO E LIVRE PRA 2018.

Imagem
21 de junho de 2018 P olícia Federal na última Segunda feira, não confirmou a existência de qualquer documento que vincule o ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva a contratos da Petrobras e muito menos ao recebimento Polícia Federal na última Segunda feira, não confirmou a existência de qualquer documento que vincule o ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva a contratos da Petrobras e muito menos ao recebimento de qualquer imóvel para o Instituto Lula ou para a sua moradia, ao contrário do que afirmou a acusação. Por outro lado, o laudo demonstrou que: (i) o principal sistema a ser periciado — o MyWebDay — não pôde ser aberto e analisado, contrariando informação do Ministério Público Federal de que o documento havia sido entregue com o Acordo de Leniência da Odebrecht; (ii) houve destruição e manipulação nos arquivos submetidos à perícia", aponta o advogado Cristiano Zanin Martins Nota da defesa do ex-presidente Lula – O laudo entregue pela Polícia Federal na úl

PEDRA NO CAMINHO PRENDE BRAÇO DIREITO DE ALCKMIN

Imagem
21 de junho de 2018 Operação Pedra no Caminho, deflagrada pela Polícia Federal para apurar desvios de R$ 600 milhões nas obras do Rodoanel Mário Covas, tem como alvo principal Laurence Casagrande Lourenço, ex-presidente da Dersa e atual presidente da Companhia Energética de São Paulo (Cesp); Laurence, é tido como homem de confiança do presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB) e foi secretário de Transportes e Logística do governo do tucano; Alckmin foi citado em delações da Lava Jato por ex-executivos da Odebrecht como tendo recebido dinheiro de caixa 2 com o codinome de "santo” 247 -  A Operação Pedra no Caminho, deflagrada nesta quinta-feira (21) pela Polícia Federal para apurar desvios nas obras do Rodoanel Mário Covas, em São Paulo da que podem chegar a R$ 600 milhões, segundo o Ministério Público Federal (MPF), tem como alvo principal Laurence Casagrande Lourenço, ex-presidente da Dersa, estatal responsável pelas rodovias do Estado de São Paulo, e atual presidente

KOTSCHO: PODERES ABSOLUTOS DA LAVA JATO ESTÃO CHEGANDO AO FIM

Imagem
20 de junho de 2018 "A República de Curitiba comandada por Sergio Moro, que reinava absoluta sem dar satisfações a ninguém, fazendo as suas próprias leis, foi novamente derrotada pelo Supremo Tribunal Federal, como já havia acontecido na semana passada com a proibição das conduções coercitivas", diz o jornalista Ricardo Kotscho, ao comentar a absolvição por unanimidade da senadora Gleisi Hoffmann 247 -  O jornalista Ricardo Kotscho afirmou nesta quarta-feira, 20, que os poderes absolutos da Lava Jato podem ter chegado ao fim, ao comentar a decisão do Supremo Tribunal Federal que inocentou a senadora Gleisi Hoffmann por 5 a 0 das acusações de corrupção e lavagem de dinheiro ( leia mais ). "A República de Curitiba comandada por Sergio Moro, que reinava absoluta sem dar satisfações a ninguém, fazendo as suas próprias leis, foi novamente derrotada pelo Supremo Tribunal Federal, como já havia acontecido na semana passada com a proibição das conduções coerci