Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2018

MORO PRENDEU LULA PARA ELEGER BOLSONARO

Imagem
31 de outubro de 2018 Agora está tudo explicado. O convite ao juiz Sérgio Moro para ser o que quiser no futuro governo Bolsonaro é o reconhecimento público pelos bons serviços prestados ao candidato da extrema-direita e que foram decisivos para sua eleição. Talvez mais que as fake news impulsionadas por WhatsApp Moro foi seu grande cabo eleitoral não só por centrar fogo no PT desde o início da Lava Jato – se a apuração fosse imparcial as investigações na Petrobrás deveriam ter começado pelos governos do PSDB - mas por tirar das eleições o seu principal adversário. Como se vê agora, só Lula era capaz de derrotar o capitão. Estivesse solto, a julgar pelo ritmo das pesquisas, venceria no primeiro turno, de lavada. O empenho de Moro em prender Lula sem provas, num processo que não resiste a uma análise jurídica séria, quando liderava as pesquisas eleitorais, depois impedir a concretização do habeas corpus que o libertaria e finalmente divulgar trechos de uma delação

POBRES VÃO PAGAR A CONTA: COALIZÃO QUE DEU O GOLPE É A MESMA QUE ELEGEU BOLSONARO

Imagem
30 de outubro de 2018 Por trás da vitória da extrema-direita na eleição deste 28 de outubro está aquela mesma coalizão partidária, midiática, jurídica, policial e empresarial que desestabilizou o país no imediato pós-eleitoral de 2014, que promoveu o impeachment fraudulento da Dilma, instaurou o regime de exceção e levou o país ao precipício fascista O candidato que instaura o fascismo no Brasil foi apoiado e eleito pelo mesmo condomínio formado pelos mesmos partidos políticos, procuradores, policiais federais e juízes de todas as instâncias [primeiro grau, tribunais regionais, tse, stj e stf]; pelas mesmas entidades patronais, bancos, e instituições financeiras; pela Globo e pelos mesmos grupos de mídia que patrocinaram a brutal crise política, econômica e social criada para derrubar o PT do governo e retirar os pobres do orçamento nacional. O petista Haddad, de outra parte, foi apoiado pelos segmentos que desde o primeiro momento estiveram perfilados na defesa do

BOLSONARISTA PUBLICA VÍDEO DIZENDO QUE ’NEGRAIADA VAI MORRER’, É EXPULSO DA UNIVERSIDADE E DEMITIDO DO EMPREGO

Imagem
29 de outubro de 2018 A Universidade Presbiteriana Mackenzie suspendeu nesta terça-feira (3) o estudante do curso de direito da instituição em São Paulo. O aluno aparece em vídeo afirmando que a “negraiada vai morrer”. O jovem, eleitor de Jair Bolsonaro (PSL), também foi demitido do escritório de advocacia que trabalhava como estagiário. O vídeo, que viralizou nas redes sociais, mostra o estudante indo votar no domingo em Londrina, no Paraná. Ele afirma: “indo votar a ao som de Zezé, armado com faca, pistola, o diabo, louco para ver um vadio, vagabundo com camiseta vermelha e já matar logo. Tá vendo essa negraiada? Vai morrer! Vai morrer! É capitão, caralho” Dezenas de estudantes do Mackenzie protestaram na manhã desta terça e pediram a expulsão do estudante, além de medidas de segurança por parte da universidade. Outro ato foi convocado para 19h desta terça-feira. Uma integrante do Coletivo Negro Afromack, que, segundo o G1, não quis se identificar por questões de se

."EU NÃO TENHO MEDO DELE!”

Imagem
29 de outubro de 2018 Tenho medo de você, meu colega de trabalho, que partilha as dores da labuta comigo, mas acha que eu devo ganhar menos, porque sou mulher. Tenho medo de você, minha vizinha, que, mesmo mulher como eu, acha que algumas de nós pedem para ser estupradas Tenho medo de você, meu parente, que carrega a Bíblia para todos os lados, mas acha que o erro é torturar e não matar. Tenho medo de você, colega de turma da faculdade PÚBLICA, que acha que não devem existir cotas, FIES, ProUni, porque preto e pobre não devem estar na faculdade. Tenho medo de você, "amigo" de infância, que acha que é rico, porque ganha três salários mínimos, paga carro e apartamento financiado, mas quer o fim do assistencialismo para pobre morrer de fome ou só não quer dividir aeroporto com a "paraibada". Tenho medo de você, conhecido aqui da rua, que acha que a orientação sexual do seu filho é a "natural" e, por isso, desqualifica as outras

URGENTE: JOAQUIM BARBOSA ABRE VOTO EM HADDAD

Imagem
27 de outubro de 2018 "Votar é fazer uma escolha racional. Eu, por exemplo, sopesei os aspectos positivos e os negativos dos dois candidatos que restam na disputa. Pela primeira vez em 32 anos de exercício do direito de voto, um candidato me inspira medo. Por isso, votarei em Fernando Haddad", postou Joaquim Barbosa, que foi presidente do Supremo Tribunal Federal; Jair Bolsonaro vem sendo apontado pela imprensa global como uma ameaça ao Brasil e ao mundo 247 –  "Votar é fazer uma escolha racional. Eu, por exemplo, sopesei os aspectos positivos e os negativos dos dois candidatos que restam na disputa. Pela primeira vez em 32 anos de exercício do direito de voto, um candidato me inspira medo. Por isso, votarei em Fernando Haddad", postou Joaquim Barbosa, que foi presidente do Supremo Tribunal Federal. Jair Bolsonaro vem sendo apontado pela imprensa global como uma ameaça ao Brasil e ao mundo. Abaixo, tweet de Joaquim Barbosa e reportagem da Reuters s

MORADORES DO POVOADO TAMBORIL DENÚNCIA DE CRIME AMBIENTAL

Imagem
  27 de outubro de 2018 Moradores do povoado Tamboril, zona rural de Matões MA, estão revoltados com a atitude da gestora da escola daquela localidade: Escola Municipal São Francisco, que determinou que as árvores plantadas ao redor de todo o prédio fossem cortadas sem nenhuma justificativa, colocando em prática seu autoritarismo Segundo informações de populares que não quiseram se identificar com medo de represália dos gestores, nos informou que a Diretora não levou em consideração à comunidade e nem mesmo o conforto dos alunos, que cultivam o hábito de aguardarem o horário de entrada às sombras das árvores. É inconcebível alguém que se diz educadora não  ter noção da  importância de se preservar a natureza, neste caso as árvores que faziam sobras e amenizavam o calor ambiental. Nós moramos numa região muito quente e a função de uma árvore é amenizar o calor, purificar o ar, melhorar a respiração das pessoas, abrigá-las do sol, entre outras

O QUE É A UDR E QUEM É NABHAN GARCIA, COTADO PARA SER MINISTRO DE BOLSONARO?

Imagem
Massacre de Eldorado dos Carajás no Pará ocorrido em 17 de abril de 1996 marcou a história de luta pela reforma agrária no campo / Foto: Sebastião Salgado 26 de outubro de 2018 Presidente da entidade com passado ligado a conflitos no campo, ele assumiria a pasta da Agricultura O pecuarista Luiz Antônio Nabhan Garcia é um dos principais articuladores da equipe de Jair Bolsonaro (PSL) junto ao agronegócio. Presidente da União Democrática Ruralista (UDR), entidade polêmica do patronato rural, ele já teve que dar esclarecimentos à Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da Terra por porte ilegal de armas, contrabando e organização de milícias privadas na região do Pontal do Paranapanema, em São Paulo e apoia o desmatamento da Amazônia. Representante da classe ruralista, Nabhan aparece como cotado para ocupar o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), caso se confirme as pesquisas do segundo turno nas eleições deste ano. A simples menção de seu no

PAULO GUEDES, BRAÇO-DIREITO DE BOLSONARO, É ALVO DE NOVA INVESTIGAÇÃO DO MPF POR ROUBAR R$ 152 MILHÕES DA PENSÃO DE IDOSOS

Imagem
26 de outubro de 2018 O Ministério Público Federal do Distrito Federal (MPF-DF) abriu uma nova investigação contra o economista Paulo Guedes, cotado para o Ministério da Fazenda em um eventual governo do candidato de extrema direita Jair Bolsonaro (PSL) e principal conselheiro de sua campanha. MPF suspeita que Guedes tenha obtido "benefícios econômicos" por meio de "crimes de gestão temerária ou fraudulenta" referentes a investimentos de fundos de pensão. Guedes fio intimidado e deverá prestar depoimento sobre o caso no próximo dia 6 de novembro. A suspeita do MPF é de que Guedes tenha aplicado o dinheiro de fundos de pensão de maneira irregular, resultando em prejuízos milionários para os aposentados dos fundos de pensão sob sua responsabilidade. A empresa do economista, que atua na gestão de investimentos, também teria cobrado taxas e comissões consideradas "abusivas", o que teria feito com que registrasse um faturamento da ordem de R$ 152