Postagens

Mostrando postagens de Março, 2019

NASSIF MOSTRA COMO EUA PREPARARAM A LAVA JATO E COOPTARAM A JUSTIÇA

Imagem
31 de março de 2019 O jornalista Luis Nassif, do jornal GGN, traça um histórico dos eventos que mostram a participação do Departamento de Justiça dos Estados Unidos preparou na organização da operação Lava Jato; segundo ele, o próximo evento da Associação dos Juízes Federais, que é financiado pelo Departamento americano, é uma continuação do Projeto Pontes, que transformou definitivamente a Justiça e o Ministério Público Federal em instrumentos de disputas geopolíticas 247 -  O jornalista Luís Nassif, do jornal GGN, traça um histórico dos eventos que mostram a participação do Departamento de Justiça dos Estados Unidos preparou na organização da operação Lava Jato.  Segundo Nassif, o próximo evento da Associação dos Juízes Federais, que é financiado pelo Departamento americano, é uma continuação do Projeto Pontes, que transformou definitivamente a Justiça e o Ministério Público Federal em instrumentos de disputas geopolíticas. Leia um trecho da análise: "

RELEMBRAR O REGIME MILITAR É PRECISO

Imagem
30 de março de 2019 Era 1984. As ruas se enchiam de gente a se manifestar por eleições diretas para presidente da República. Na Avenida Presidente Vargas, no Rio de Janeiro, mais de um milhão de pessoas se aglomeravam em frente do palco armado, com as presenças de Ulysses Guimarães, Lula, Tancredo Neves e Leonel Brizola, dentre muitos outros atores políticos Os atos contavam com apoio da OAB e da ABI, assim como uma variedade de outras entidades civis, unânimes em exigir o fim da ditadura militar. O regime dava suas últimas suspiradas, admitindo, já, que o próximo presidente não vestisse farda. No enfraquecido partido da situação, o PDS, engalfinhavam-se dois grupos: um, oficialista, queria Mário Andreazza como candidato e contava com o apoio da cúpula do governo; outro queria Paulo Maluf, um rebelde que, desafiando os militares, conseguia cada vez mais adesões nas hostes situacionistas. É claro que o PDS se debatia, fechando questão na escolha do presidente por via

PARA JUIZ, MP SOBRE FINANCIAMENTO CASSA A LIBERDADE SINDICAL

Imagem
29 de março de 2019 Desembargador do TRT paulista concedeu liminar a sindicato, em mais uma decisão que anula efeitos da medida editada pelo governo; ele também citou garantias consolidadas na Constituição de 1988 e disposições da Organização Internacional do Trabalho (OIT), que tratam da liberdade sindical e do reconhecimento da negociação coletiva Rede Brasil Atual  - Dezenas de entidades já conseguiram liminares para barrar a Medida Provisória (MP) 873, do dia 1º, sobre financiamento sindical. Nesta sexta-feira (29), saiu uma decisão em segunda instância, do vice-presidente judicial do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (TRT-2), desembargador Rafael Pugliese, a favor do Sindicato dos Motoristas de São Paulo. A liminar refere a uma das empresas da base, a Mobibrasil Transportes, no sentido de garantir o desconto das mensalidades dos sócios do sindicato diretamente na folha de pagamento. Pela convenção coletiva da categoria, desde que autorizadas pelo empr

TÁBATA AMARAL, A DEPUTADA QUE É A PROVA VIVA DE QUE A ESCOLA PÚBLICA NÃO FALIU

Imagem
28 de março de 2019 Criada na Vila Missionária, bairro pobre localizado na Zona Sul de São Paulo, Tábata Amaral é filha de cobrador de ônibus e de uma diarista. Criada no cotidiano da periferia, ela se interessou por matemática, venceu competições internacionais e ganhou uma bolsa para estudar em Harvard Desde 2014, ela é militante e criou Mapa Educação e o Movimento Acredito. No ano de 2017, Tábata foi uma das onze lideranças que participaram de um encontro com o ex-presidente americano Barack Obama em sua passagem por São Paulo. No ano seguinte, ela foi a mais jovem liderança a participar de um debate com a ativista paquistanesa e Nobel da Paz, Malala Yousafzai, em sua primeira visita ao Brasil. Tábata é um grande contraponto aos projetos bolsonaristas. A deputada Joice Hasselmann, por exemplo, disse que os professores “ não sabem ensinar “, e questionou os investimentos em educação. O DCM procurou Tábata Amaral para saber a opinião dele sobre assuntos em pauta e

BOLSONARO ERROU AO APOSTAR SUA CABEÇA CONTRA OS DEPUTADOS: A VINGANÇA VEIO RÁPIDO

Imagem
27 de março de 2019 A vingança veio rápido. A aprovação do gasto impositivo do Orçamento de emendas parlamentares de bancada passou de R$ 4,6 para R$ 8 bilhões     O “quero o meu” andou rápido e arrastou até os deputados bolsonaristas: nada menos de 448 votos a favor e três contra, na primeira votação e, na segunda, 453 a favor; seis, contra e uma abstenção. Era uma das “pautas-bomba” que sobrava da época de Eduardo Cunha, pois esperava ser pautada desde 2015 e agora foi, em menos de 24 horas. Como o governo não tem porta-vozes no Congresso, não teve resistência. Edgar Allan Poe tem um conto famoso, “Nunca aposte sua cabeça contra o diabo”, onde um velho incentiva o protagonista, Toby Dammit a pular um obstáculo em um túnel escuro. Dammit perde a cabeça, morre e, sem dinheiro para fazer-se seu enterro, seus restos são vendidos como carne para cachorros. Há, agora, também uma aposta: será o governo Bolsonaro quem será decapitado pelo parlamento ou será o parlament

MAIS DE 400 JURISTAS LANÇAM MANIFESTO AO STJ EM DEFESA DA LIBERDADE DE LULA

Imagem
26 de março de 2019 Um manifesto assinado por mais de 400 juristas brasileiros pede aos ministros da 5ª Turma do STJ a liberdade do ex-presidente Lula, preso há quase um ano; o documento destaca que Lula é vítima de injustiça e da violência praticada pelo Estado; "O ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva precisa ser libertado! A grandiosidade política de Lula torna inexorável esse julgamento e a história não perdoará aqueles que, tendo responsabilidade política e jurídica, optaram por não se importar com suas próprias biografias", diz o manifesto, assinado por nomes como Pedro Serrano, Gisele Cittadino, Lenio Streck, Dalmo Dallari, Fábio Konder Comparato, Carol Proner e vários outros 247 -  Um manifesto assinado por mais de 400 juristas brasileiros pede a liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que é mantido como preso político desde 7 de abril de 2018, após ser condenado em segunda instância por corrupção passiva e lavagem de dinheiro sem