Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2019

JORNAL NACIONAL REPERCUTE CRÍTICAS CONTRA EDUARDO BOLSONARO E RETOMA CASO MARIELLE

Imagem
Foto: Reprodução/TV Globo 31 de outubro de 2019 Telejornal da Globo exibe inconsistências da perícia do MP-RJ no caso Marielle e destaca críticas sofridas pelo filho do presidente, após declaração pró-AI-5    O Jornal Nacional, da Rede Globo, adotou um tom duro nesta quinta-feira (31) ao abordar as  declarações do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) em favor do retorno do  AI-5. A reportagem exibiu declarações de diversos parlamentares e organismos condenando a fala. O telejornal ainda repercutiu a matéria da Folha de S.Paulo, que aponta que o  Ministério Público deixou lacunas na investigação em que afirmou que o porteiro do condomínio Vivendas da Barra mentiu . O JN caracterizou o AI-5 como o “mais duro ato da ditadura militar” e destacou as prisões, censura e perseguições realizadas após a edição do ato. Decretado em 13 de dezembro de 1968 pela ditadura durante o governo do general Costa e Silva, o  Ato Institucional número 5 (AI-5)  levou ao endu

FROTA REVELA USO DE DINHEIRO PÚBLICO PELA MÁQUINA DE FAKE NEWS DO CLÃ BOLSONARO

Imagem
Deputado Alexandre Frota (PSDB-SP) (Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados) 30 de outubro de 2019 Em depoimento à CPMI das Fake News, deputado também voltou a relatar o caso em que Jair Bolsonaro reclamou com ele após ter feito um discurso pedindo a prisão de Queiroz. "Papai ficou chateado", disse o senador Flávio 247 - O deputado federal Alexandre Frota (PSDB-SP) compareceu nesta quarta-feira 30 à audiência da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) das Fake News, onde denunciou que o vereador Carlos Bolsonaro, filho de Jair Bolsonaro, comanda a milícia virtual bolsonarista para fazer linchamentos. “Quem coordena? Carlos Bolsonaro, direto do Rio de Janeiro, coordena. Realizando reuniões, disparando via Whatsapp seus comandos”, disse o deputado. Frota contou alguns episódios que fizeram parte das ações desse exército virtual e levou ao presidente da CPI, Angelo Coronel (PSD-BA), documentos listando os perfis que atuam nos ataques virtuais.

MUNDO ANIMAL: MEDO DE QUEIROZ FAZ CARLUXO PRODUZIR PARA O PAI UMA VERSÃO MILICIANA DE REI LEÃO

Imagem
28 de outubro de 2019 – Chile, Argentina, Bolívia, Peru, Equador ….. – Mais que a vida, a nossa LIBERDADE. – Brasil acima de tudo! – Deus acima de todos!  pic.twitter.com/6G1lry1GT1 — Jair M. Bolsonaro (@jairbolsonaro)  October 28, 2019 O novo ataque às instituições perpetrado por Bolsonaro vem na forma de um episódio ruim de “Mundo Animal”. Num vídeo postado em suas redes, o presidente aparece como um leão cercado de hienas. Os predadores têm plaquinhas vagabundas com nomes de partidos — inclusive o dele —, a CUT, a ONU, a imprensa, as feministas e o STF. É qualquer coisa de imbecil e, como de hábito, feito para seu gado, acostumado a mamadeiras de piroca e ao Pavão Misterioso. Mesmo assim, estabelece um novo padrão de indigência mental. Do chão, passa, sim, em se tratando da família. Bolsonaro está cercado, é verdade, mas de gente incompetente, corrupta e autoritária. O que lhe tira o sono é Fabrício Queiroz, que anda mandando recados através de áudio

PGR DIVULGA IDENTIDADE DE MANDANTE DA EXECUÇÃO DE MARIELLE: DOMINGOS BRAZÃO

Imagem
(Foto: Voney Malta) 25 de outubro de 2019 Em denúncia enviada ao STJ, a Procuradoria-Geral da República disse que o conselheiro do TCE-RJ Domingos Brazão arquitetou o homicídio da vereadora Marielle Franco. "E, visando manter-se impune, esquematizou a difusão de notícia falsa sobre os responsáveis pelo homicídio" 247  - A Procuradoria-Geral da República declarou, em denúncia enviada ao STJ (Superior Tribunal de Justiça), que o político Domingos Brazão, do MDB, "arquitetou o homicídio da vereadora Marielle Franco e visando manter-se impune, esquematizou a difusão de notícia falsa sobre os responsáveis pelo homicídio." A reportagem do portal UOL  destaca que esta é a primeira declaração taxativa de uma autoridade sobre o mandante do atentado da vereadora e de seu motorista, Anderson Gomes, em 14 de março do ano passado.  A denúncia foi assinada pela então procuradora-geral da República Raquel Dodge, antes de deixar o cargo. Ela acusou Brazã

LEI DO PETRÓLEO TRAZ UMA RENÚNCIA FISCAL DE R$ 1,8 TRILHÃO

Imagem
Posto Shell. Foto: AFP / Cark Court 23 de outubro de 2019 A Shell Brasil, maior produtora estrangeira de petróleo no país, apresentou prejuízo contábil em 2018. A francesa Total, que opera no pré-sal, também. Para Paulo Cesar Ribeiro Lima, doutor em Engenharia e consultor legislativo aposentado da Câmara dos Deputados, esses resultados comprovam as denúncias contra a MP do Trilhão, convertida na Lei 13.586/2017 Essa Lei é resultado da conversão da Medida Provisória 795, de 2017, que embute uma renúncia fiscal trilionária. “A partir dos pagamentos de IRPJ e CSLL, em 2018, comprova-se que essa MP pode gerar redução de arrecadação de R$ 1,804 trilhão, a valor presente. Em valores nominais, essa redução pode ser de R$ 4,205 trilhões”, estima Paulo Cesar Lima, especialista na área de energia. Em 2018, as cinco maiores empresas estrangeiras produtoras de petróleo tiveram uma receita líquida de R$ 47,405 bilhões, mas o resultado dos lucros líquidos menos os prejuízos foi d