Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2020

FUNDADOR DO PACTUAL, LUIZ CEZAR FERNANDES JÁ PREVÊ CALOTE DA DÍVIDA INTERNA

Imagem
(Foto: E BC | Fotosneworg) 28 de setembro de 2020 O banqueiro Luiz Cezar Fernandes, que foi um dos fundadores do banco Pactual, assim como Paulo Guedes, distribuiu artigo entre seus clientes nesta segunda-feira, em que prevê a renegociação da dívida brasileira; descalabro econômico fez o dólar disparar nesta segunda-feira   Em artigo divulgado nesta segunda-feira (28), o banqueiro Luiz Cezar Fernandes, um dos fundadores do banco Pactual, alerta que o Brasil poderá decretar um calote em sua dívida pública. Fernandes diz que a dívida pública interna atingirá 100% do Produto Interno Bruto do País já na posse do próximo governo. "A situação será insustentável, gerando uma completa ingovernabilidade", alerta. "Para evitarem uma corrida bancária, as grandes instituições bancárias terão, obrigatoriamente, que impedir seus clientes de efetuarem os saques de suas poupanças à vista ou a prazo. Caso contrário, teremos uma situação ainda mais grave que a vivida hoje pela Ve

PERGUNTA QUE NÃO QUER CALAR: O DECANO VAI FUGIR DA RAIA?

Imagem
Celso de Mello, Sérgio Moro e Lula (Foto: Fellipe Sampaio/SCO/STF | Reuters | Ricardo  Stuckert)    28 de setembro de 2020 Para Helena Chagas, do Jornalistas pela Democracia, a antecipação da aposentadoria do ministro do STF Celso de Mello coloca dúvidas sobre um "assunto que está sendo varrido para debaixo do tapete há mais de um ano: o prosseguimento do julgamento do recurso do ex-presidente Lula questionando a parcialidade de Moro"                A semana começa com as atenções voltadas para o decano Celso de Mello, que teria antecipado em dois dias a volta ao STF da licença médica por estar irritado com o relator substituto, Marco Aurélio Mello, que revogou sua decisão de convocar Jair Bolsonaro para depoimento presencial no inquérito que apura interferência na Polícia Federal. Marco Aurélio jogou a decisão para o plenário virtual, defendendo depoimento por escrito. No mínimo, espera-se uma bronca do decano. A verdade, porém, é que, a esta altura, esse  assunto é se

PARLAMENTARES VÃO AO SUPREMO PARA DERRUBAR DECISÃO DE SALLES SOBRE FLEXIBILIZAÇÃO NO MEIO AMBIENTE

Imagem
O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles Foto: Gabriela Biló/Estadão   28 de setembro de 2020 Ministro aprova extinção de regras que protegem manguezais e restingas, abrindo espaço para especulação imobiliária   BRASÍLIA - As decisões anunciadas nesta segunda-feira, 29, pelo  Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) , presidido pelo ministro do Meio Ambiente,  Ricardo Salles , passaram a ser alvos de uma série de questionamentos judiciais assim que foram oficializadas, no início da tarde.   A Rede Sustentabilidade entrou com ação no  Supremo Tribunal Federal (STF) , com pedido para que seja declarada a inconstitucionalidade da nova resolução do Conama, de número 500. Essa nova resolução aprovou a extinção de duas resoluções que delimitam as áreas de proteção permanente (APPs) de manguezais e de restingas do litoral brasileiro, o que abre espaço para especulação imobiliária nas faixas de vegetação das praias e ocupação de áreas de mangues para produção de camarão. O Cona

PF REVELA QUE MINISTÉRIO DA DAMERES AJUDOU A PROMOVER E PROPAGANDEAR ATOS ANTIDEMOCRÁTICOS

Imagem
Foto: Pedro Ladeira 18 de setembro de 2020 A Polícia Federal investiga indícios de que o governo do presidente Jair Bolsonaro financiou pessoas e páginas na internet dedicadas à propagação de atos antidemocráticos, que fizeram ataques ao Congresso Nacional e ao Supremo Tribunal Federal (STF). Um relatório parcial da PF, produzido no inquérito que tramita no STF sobre a realização de atos antidemocráticos, aponta pela primeira vez a relação desses atos com o Palácio do Planalto e apura se a publicidade oficial foi utilizada para direcionamento de recursos públicos   Os indícios chegaram à PF por meio da CPMI das Fake News do Congresso Nacional, que enviou à investigação informações de que a Secretaria de Comunicação da Presidência da República (Secom) veiculou publicidade em sites que propagam ações antidemocráticas. A delegada Denisse Dias Ribeiro afirma no relatório que o objetivo da investigação é saber se integrantes do governo federal agiram por ação deliberada ou por omissão no fi

TRF-2 CONDENA JUIZ MARCELO BRETAS POR ATUAÇÃO POLÍTICA AO LADO DE BOLSONARO

Imagem
Juiz Marcelo Bretas (Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil) 17 de setembro de 2020 Por 12 votos a 1, o juiz da Lava Jato no Rio de Janeiro, Marcelo Bretas, foi punido nesta quinta-feira, 17, com pena de censura e vai ficar um ano sem poder ser promovido, por comprometer sua imparcialidade em ato político junto com Jair Bolsonaro   Ao participar de eventos ao lado do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e do prefeito Marcelo Crivella (Republicanos), o juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, demonstrou uma desnecessária proximidade com políticos, comprometendo sua imparcialidade com magistrado. "Depois de ser condenado pelo TRF 2, por comprometer sua imparcialidade em ato político com Bolsonaro, qual a autoridade moral de Marcelo Bretas para mandar prender alguém, como gosta de fazer? Com que autoridade moral vai julgar casos que envolvem a moralidade pública?", indagou Damous no Twitter. Por 12 votos a 1, Bretas, da 7ª Vara Federal Crimina

OS INCÊNDIOS NO PANTANAL E A INDIFERENÇA DE BOLSONARO

Imagem
Imagem: Equipe de transição/Rafael Carvalho 15 de setembro de 2020 De acordo com um levantamento feito pelo TCU (Tribunal de Contas da União), já são 6.157 militares nesta situação, em comparação com 2.765, em 2018   Jair Bolsonaro emprega militares que já têm empregos e ganham bem, em detrimento dos civis que continuam desempregados, são mais de 13 milhões de pessoas sem renda e os militares com duas rendas.  Será que os militares são tão competentes, enquanto os civis são todos incompetentes? A Constituição Federal disciplina no seu artigo 37 quem pode e quem não pode acumular 2 (dois) ou mais empregos. Art. 37.  A administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência e, também, ao seguinte: (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 19, de 1998) ... ... Inciso XVI  - é vedada a acumulação remunerada de cargo

DÍVIDA DOS EUA EXPLODE E VAI A 136% DO PIB, NÍVEL MAIS ALTO DESDE A 2ª GUERRA MUNDIAL

Imagem
Cédulas de dólar (Foto: REUTERS/Guadalupe Pardo) 6 de setembro de 2020 "Outra maneira de ver a dívida dos Estados Unidos é que ela agora atingiu uns incríveis quase 1.000% da receita federal anual", disse Michael Pento, presidente e fundador da Pento Portfolio Strategies. Segundo ele, o déficit fiscal de 2020 deve ser de US$ 3,3 trilhões, o que torna a situação "ainda pior"   Sputnik -  Especialistas referem que a dívida do país seguia aumentando nos anos anteriores à pandemia, e que os gastos exorbitantes para combater a recessão complicam ainda mais a situação. A dívida dos EUA já atingiu seu nível mais alto desde a Segunda Guerra Mundial, e atualmente é igual ao tamanho da economia do país, disse o The Wall Street Journal, citando o Escritório de Orçamento do Congresso dos Estados Unidos (CBO, na sigla em inglês). A pandemia levou a uma situação em que "há um grande aumento da dívida pública na maioria dos países este ano", disse Joseph Gagnon,

RACHADINHA DO 02: GABINETE DE CARLOS BOLSONARO PAGOU R$ 7 MILHÕES A FUNCIONÁRIOS FANTASMAS, APONTA RELATÓRIO

Imagem
Carlos Bolsonaro. (Foto: Carlos Bolsonaro) 4 de setembro de 2020 Onze servidores do gabinete do vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos) estão sendo investigados como possíveis funcionários fantasmas na Câmara do Rio. Eles receberam um total de R$ 7 milhões, desde 2001     O gabinete de Carlos Bolsonaro pagou R$ 7 milhões a 11 funcionários fantasmas, mostra relatório do Ministério Público. Um dos servidores recebeu quase R$ 1,5 milhão ao longo de 11 anos e disse ter como função entregar panfletos. A reportagem do portal G1  destaca que “o valor não foi atualizado pela inflação e consta em um ofício que está anexado à investigação do Ministério Público contra Carlos Bolsonaro por peculato – quando um funcionário público desvia dinheiro para uso próprio.” A matéria ainda informa que “o site da Câmara não mostra quais funcionários trabalham nos gabinetes dos 51 vereadores. Só é possível ver uma lista com os nomes de todos os servidores, com um cargo que aparece em códigos. O salário-base