Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2020

DATAFOLHA: 46% REPROVAM A ATUAÇÃO DE BOLSONARO NO COMBATE AO DESMATAMENTO NA AMAZÔNIA

Imagem
Jair Bolsonaro (Foto: Divulgação-PR) 31 de outubro de 2020   Uma pesquisa  divulgada pelo Instituto Datafolha apontou que, para 46% dos entrevistados, a atuação de Jair Bolsonaro no combate ao desmatamento na Amazônia é ruim ou péssima. De acordo com o levantamento, 27% avaliaram como bom ou ótimo   247  - Uma pesquisa divulgada neste sábado (31) pelo Instituto Datafolha apontou que, para 46% dos entrevistados, a atuação de Jair Bolsonaro no combate ao desmatamento na Amazônia é ruim ou péssima. De acordo com o levantamento, 27% avaliaram como bom ou ótimo, e 25% como regular. As estatísticas mostraram que, para 73%, o desmatamento está aumentando. O estudo, que ouviu 1.524 pessoas, foi encomendado pelo Greenpeace Brasil e publicado pelo  jornal Folha de S.Paulo .  O Datafolha questionou a população sobre o papel de Bolsonaro, do Exército, de Ibama e Funai, do vice-presidente Hamilton Mourão, do Ministério do Meio Ambiente, comandado por Ricardo Salles, e dos governos estaduais

GLOBO CONFIRMA QUE PETROBRÁS NÃO TEM NENHUMA PROVA CONTRA LULA

Imagem
Lula recorre ao STJ e mostra que acordo entre Petrobrás e Lava Jato o inocenta 31 de outubro de 2020     É por isso que a estatal se nega a fornecer à defesa do ex-presidente os contratos firmados com autoridades dos Estados Unidos 247 -  A Petrobrás, que pagou multas de R$ 27,7 bilhões aos Estados Unidos, no âmbito da Operação Lava Jato, não tem nenhuma prova contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. É por isso que a estatal se nega a fornecer à defesa de Lula seus contratos com autoridades estadunidenses. No processo, a empresa chegou até a pedir para ter  tratamento análogo ao de uma embaixada . A confirmação de que não há qualquer prova contra Lula foi feita pelo jornalista Ascanio Seleme, em sua  coluna . “Por que a Petrobras se nega a entregar para a defesa de Lula os documentos dos três acordos que fez nos Estados Unidos em razão dos escândalos da era petista? A estatal diz que os dados (mais de 75 milhões de páginas) não tratam de corrupção, mas de apenas falhas contáb

FILHO DE MINISTRO INDICADO A VAGA DE R$ 37 MIL NO CNJ SÓ OBTEVE CARTEIRA DA OAB EM 2019

Imagem
Napoleão Nunes Maia é ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Foto: Dida Sampaio/Estadão   30 de outubro de 2020 Mário Nunes Maia, filho de Napoleão Nunes Maia, do STJ, teve o nome aprovado pela Câmara para o Conselho Nacional de Justiça; ao 'Estadão', o advogado de 44 anos se recusou a detalhar experiência acadêmica e profissional                  BRASÍLIA - Indicado para uma vaga de conselheiro no  Conselho Nacional de Justiça (CNJ) ,  órgão de cúpula da administração do Judiciário, o advogado  Mário Nunes Maia , de 44 anos, filho do ministro do  Superior Tribunal de Justiça  (STJ)  Napoleão Nunes Maia , se nega a detalhar a pouca experiência que possui no mundo do Direito.  Segundo um documento obtido no site da   Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) , Mário Nunes Maia foi aprovado no exame da ordem somente no ano passado. A obtenção da carteira da OAB é requisito indispensável para a atuação em processos como advogado.    Por meio de uma articulação iniciada em julho,

DESEMPREGO DISPARA E VAI A 14,4%

Imagem
Reuters (Foto: Reuters) 30 de outubro de 2020 O motivo é o aumento da procura por trabalho com a perspectiva de fim do auxílio-emergencial   247 -  A taxa de desemprego no Brasil foi de 14,4%, no trimestre de junho a agosto deste ano, a maior taxa desde que inicou-se a série histórica de acompanhamento no IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Nada menos que 13,8 milhões de pessoas estão desempregadas. Os dados foram divulgados na manhã desta sexta-feira (30) e fazem parte da Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) Contínua, do IBGE. Na comparação com o trimestre anterior (março a maio), houve aumento de 1,6 ponto percentual (12,9%). Já em comparação com o mesmo trimestre de 2019, são 2,6 pontos percentuais a mais (11,8%). A população ocupada recuou para 81,7 milhões, o menor contingente da série histórica.     Fonte: Brasil 247     por IBGE

BOLSA DERRETE 7,22% NA SEMANA, NA PIOR DESDE MARÇO E DÓLAR FECHA EM R$ 5,738

Imagem
Ibovespa sobe nos primeiros negócios com viés externo favorável (Foto: REUTERS/Nacho Doce)   30 de outubro de 2020 Nesta sexta-feira, o Ibovespa registrou queda de 2,72%, a 93.952,40 pontos, acumulando perda de 7,2% na semana, o que levou a uma performance negativa de 0,69% no mês. No ano, o declínio é de 18,76%     Preocupações com o crescimento dos casos de Covid-19 na Europa e nos Estados Unidos fizeram o Ibovespa abandonar a recuperação verificada nas primeiras semanas de outubro e fechar com sinal negativo no mês, em meio a temores de que novos “lockdowns” afetem a retomada da economia global. Nesta sexta-feira, o Ibovespa registrou queda de 2,72%, a 93.952,40 pontos, acumulando perda de 7,2% na semana, o que levou a uma performance negativa de 0,69% no mês. No ano, o declínio é de 18,76%. A cautela antes da eleição presidencial norte-americana corroborou o viés mais defensivo. Apesar de pesquisas apontarem o democrata Joe Biden como favorito, a reeleição de Donald Trum

CONTAS DO GOVERNO REGISTRAM ROMBO DE R$ 76,2 BILHÕES EM SETEMBRO

Imagem
Moedas de 1 real (Foto: REUTERS/Bruno Domingos) 29 de outubro de 2020 Déficit primário do governo central foi de R$ 76,2 bilhões em setembro, segundo dados do Tesouro. No acumulado dos nove primeiros meses do ano, o rombo foi de R$ 677,4 bilhões   O governo central, composto por Tesouro Nacional, Banco Central e Previdência Social, registrou um déficit primário de 76,2 bilhões de reais em setembro, divulgou o Tesouro nesta quinta-feira. O dado veio melhor que a projeção de um déficit de 79,7 bilhões de reais, segundo pesquisa Reuters com analistas. No acumulado dos nove primeiros meses do ano, o rombo nas contas públicas foi de 677,4 bilhões de reais, contra 72,5 bilhões de reais em igual etapa de 2019. Em 12 meses, o déficit primário é de 707 bilhões de reais.     Fonte: Brasil 247 por Gabriel Ponte, Reuters    

VÍDEOS MOSTRAM CORRUPÇÃO NA GESTÃO ATUAL DE CAXIAS MA

Imagem
29 de outubro de 2020 Desde à semana passada que roda nas redes sociais dois vídeos que sugerem que o prefeito de Caxias MA comete ato de corrupção, quem editou os vídeos deixou de forma fácil de entender como o Dr. Helton Mesquita foi persuadido a não aceitar ser Secretário de Saúde em Caxias, sendo que esta secretaria movimenta mais de cem milhões de reais por ano     Chama atenção é que os apoiadores do prefeito, entendem que é Fake News e atacam quem divulga os vídeos nos grupos de WhatsApp. Porém quem continua apoiando o gestor depois das divulgações dos vídeos, sugere que são cúmplices da corrupção, senão, vejam o dito popular: “Diga-me com quem andas, que te direi quem sois.” E não é só estes vídeos que sugerem que há corrupção na gestão atual, nos fornecimentos de combustíveis da Secretaria de Educação Municipal também, no ano de 2019 foram gastos R$ 691.040,01 de combustíveis, a Secretaria de Educação que tem 19 veículos, sendo 7 ônibus e 7 micro-ônibus, mais 2 carros ¾,

MP NO TCU QUER SABER SE BOLSONARO TEM USADO ABIN E GSI PARA FINS PESSOAIS

Imagem
Jair Bolsonaro (Foto: Marcos Correa/PR | Reprodução) 28 de outubro de 2020 Para o subprocurador-geral Lucas Furtado, se constatado o uso da estrutura do Estado em benefício de Flávio Bolsonaro, pode caracterizar eventual crime de responsabilidade, "por atentar contra a segurança interna do país e a probidade na Administração Pública"   O Ministério Público junto ao Tribunal de Contas da União pediu que a corte apure se o presidente Jair Bolsonaro tem usado a Agência Brasileira de Inteligência (Abin) e o Gabinete de Segurança Institucional (GSI) para atender interesses particulares. A base da representação por desvio de finalidade é um editorial do jornal O Estado de S. Paulo. A publicação narra um encontro do presidente com integrantes dos órgãos, fora da agenda oficial, para tratar da suspeita de que o senador Flávio Bolsonaro, filho do presidente, foi alvo de uma investigação encontro foi relevado na última sexta-feira pela Época. Conforme também noticiado pela ConJ

FACHIN DETERMINA QUE LAVA JATO SE MANIFESTE EM 48 HORAS SOBRE PEDIDO DE LULA

Imagem
  Edson Fachin e Lula (Foto: STF | Ricardo Stuckert) 27 de outubro de 2020   O ministro do STF Edson Fachin deu 48 horas para que a Operação Lava Jato de Curitiba e a PGR se manifestem sobre o pedido feito pela defesa do ex-presidente Lula para acessar a investigação sobre a Petrobrás nos EUA   247  - O ministro do Supremo Tribunal Federal Edson Fachin deu 48 horas para que a Operação Lava Jato de Curitiba e a Procuradoria-Geral da República (PGR) se manifestem sobre o pedido feito pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para acessar a investigação sobre a Petrobrás nos Estados Unidos. O ministro deu o prazo para que ambos informem se tiveram acesso ao material. "Carecem as manifestações de esclarecimentos indispensáveis à elucidação da controvérsia, em específico quanto ao suposto acesso por parte do Ministério Público dos documentos almejados pelo reclamante, mediante afronta à paridade de armas", disse o ministro em despacho na noite desta segunda-fe

DÓLAR FECHA EM MÁXIMA DESDE MAIO CONTRA REAL COM INCERTEZAS SOBRE EUA

Imagem
Cédulas de dólar (Foto: REUTERS/Guadalupe Pardo) 27 de outubro de 2020 A divisa norte-americana à vista fechou em alta de 1,25%, a 5,6825 reais, seu maior patamar para encerramento desde 20 de maio (5,6902)   O dólar disparou contra o real nesta terça-feira, alcançando seu maior patamar para fechamento em cinco meses, refletindo preocupações globais em relação à disseminação da Covid-19, à negociação de estímulo nos Estados Unidos e à aproximação das acirradas eleições norte-americanas, em meio ainda a um cenário fiscal doméstico teimosamente incerto. A divisa norte-americana à vista fechou em alta de 1,25%, a 5,6825 reais, seu maior patamar para encerramento desde 20 de maio (5,6902). Na máxima da sessão, o dólar chegou a tocar 5,6845 reais, alta de 1,29%. Na B3, o principal contrato de dólar futuro tinha alta de 1,04%, a 5,6850 reais. A disputa entre o atual presidente norte-americano, Donald Trump, e seu adversário democrata, Joe Biden, está sendo atentamente acompanha