12 outubro 2020

OU O BRASIL RESOLVEU TODOS OS SEUS PROBLEMAS, OU SOMOS TODOS IDIOTAS!

Foto: Alan Santos/PR

11 de outubro de 2020



Além de pouco se importar com as rochas, Jair Bolsonaro pulou do barco ou sequer chegou a embarcar - e brasileiros estão nas mãos dos piratas

 

 

“Quero dizer à essa imprensa maravilhosa nossa, que eu não quero acabar com a Lava Jato, eu acabei com a Lava Jato, porque não há mais corrupção no governo”. O presidente Jair Bolsonaro mandou esse recado cínico e debochado para toda a nação brasileira, em uma atitude surrealista e ameaçadora às instituições democráticas.

Vada a bordo, cazzo! Gritou o capitão da guarda costeira para o comandante de um transatlântico na Itália que pulou ao mar quando a embarcação colidiu com as rochas e começou a naufragar. Isso foi em 2012 e mexeu com os brios dos italianos que, indignados com a covardia do comandante, foram às ruas com camisetas estampadas com a frase do capitão.

Desde sempre ouvimos que ‘o comandante é o último a abandonar o navio’, o que provoca a sensação de responsabilidade diante do que está sob o controle de alguém.

Bolsonaro, com mais essa declaração mostrou que, além de pouco se importar com as rochas, pulou do barco ou sequer chegou a embarcar. Nós, os passageiros, estamos nas mãos do papagaio do pirata, que às vezes mostra os dentes de um crocodilo que, para a comunidade evangélica, não passa de uma miniatura do Wally Gator.

A nossa ‘imprensa maravilhosa’ é o Titanic procurando o iceberg, é a mãe e o pai da aberração política que causa enjoo a cada intervenção do tipo, “não há mais corrupção no governo”, insinuando que, ou o Brasil resolveu todos os seus problemas, ou somos todos idiotas.

A verdade é que estamos sem comandante e resignados, à mercê das ações de um militar que se parece com um civil, mas que espera o segundo mandato para fazer o povo caminhar sobre a prancha e contar os passos até os tubarões.

 

Fonte: Jornal GGN  por Ricardo Mezavila

















Nenhum comentário: